16/06/2024
Campos

Saúde de Campos prorroga campanha contra Poliomielite até o dia 31 deste mês

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite foi prorrogada até o dia 31 de outubro. Na oportunidade também será atualizada a caderneta de vacinação com outros imunizantes que compõem o calendário básico de rotina, ou seja, a Multivacinação. A medida foi tomada visando aumentar a adesão da população à vacinação e a ampliação das coberturas vacinais no município, evitando doenças imunopreveníveis, principalmente, a reintrodução do vírus da Poliomielite – doença considerada como eliminada no Brasil desde 1994.

De acordo com dados de imunização da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), até o dia 30 de setembro, somente 28,07% do público-alvo, ou seja, crianças de 1 a 4 anos, 11 meses e 29 dias, tinham comparecido aos postos para receber a dose extra contra a Poliomielite. Já a cobertura acumulada para a doença de janeiro a setembro está em 47,99%. O secretário de Saúde, Paulo Hirano, falou sobre a preocupação do continente americano com a possibilidade do retorno da Poliomielite, principalmente no Brasil, e faz um apelo para pais e responsáveis para que levem seus filhos para vacinar.

“O vírus parou de circular há quase 30 anos e, então, esta geração não conviveu com a Poliomielite, chegando a ter a impressão de que não existe mais essa doença, mas esse vírus está aí. Ele circula em alguns países de forma endêmica. A única forma de bloquearmos a circulação desse vírus é com as pessoas vacinadas, principalmente nossas crianças. Cabe aos pais levarem as crianças para que sejam imunizadas e protegidas para o resto da vida. A pior coisa que tem para um pai ou um médico é ver uma criança ser acometida por uma doença que pode ser prevenida, pode ser evitada com a vacina. E nós estamos vendo uma curva descendente de vacinação em todos os níveis, principalmente, no nosso Programa Nacional de Imunização, no qual está inserida a vacina da Poliomielite. Estamos tendo uma série de doenças infecciosas transmissíveis e, por isso, é preciso que fiquem atentos e atualizem a cartela de vacinação de todas as crianças” explicou Hirano.

Para evitar a reintrodução do poliovírus, causador da paralisia infantil, as crianças menores de cinco anos que estão com esquema de três doses completas, estão recebendo uma gotinha da Vacina Oral Poliomielite (VOP). Já aquelas que estão com Vacina Oral Poliomielite (VIP), que é intramuscular, atrasada, também terão a caderneta atualizada. Dentro do calendário de Multivacinação são oferecidas doses das vacinas Hepatites A e B, Pentavalente, Rotavírus, Pneumo 10, Meningo C, Febre Amarela, Tríplice Viral, DTP, Varicela, Difteria e Tétano Adulto, Meningocócica ACWY, HPV quadrivalente. Também é aplicada a vacina Influenza, que previne contra a gripe.

“A população campista ainda procura timidamente nossos postos para atualizar a caderneta de vacinação, principalmente de crianças e adolescentes. Nós reforçamos para a população a importância de atualizar a caderneta vacinal e a prorrogação da campanha é mais uma chance para que isso seja feito. A imunização acontece de segunda à sexta-feira e, também, estaremos realizando uma Força-Tarefa de Multivacinação aos sábados para resgatar essas crianças que, por diversos motivos, estejam com a vacinação incompleta”, ressaltou o subsecretário de Atenção Básica, Vigilância e Promoção da Saúde (Subpav), Rodrigo Carneiro.

Além da vacinação que acontece de segunda à sexta-feira, em três postos das 9h às 16h e outros 35 postos com atendimento das 8h30 às 16h, haverá Força-Tarefa de Multivacinação nos dias 22 e 29. Em todas as salas de vacinação o atendimento é por livre demanda. As crianças também estão sendo vacinadas por meio da busca ativa nas escolas da rede municipal de ensino, cuja imunização ocorre por meio do Programa Saúde na Escola (PSE), uma parceria com a Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia. A aplicação das vacinas ocorre mediante autorização formal dos pais e responsáveis.

A meta é imunizar 95% das cerca de 35 mil crianças que integram o público-alvo para proteção contra a Pólio. Já para as vacinas de rotina, o ideal é que a cobertura seja acima de 80%. Para ser vacinado, é necessário que pais e responsáveis legais apresentem a caderneta de vacinação da criança ou adolescente, além dos documentos pessoais.
Polos de vacinação Poliomielite – crianças de 1 ano a 4 anos, 11 meses e 29 dias:

Automóvel Clube
Fundação Municipal de Esportes
Polos de vacinação Poliomielite e Multivacinação – crianças de 1 ano a 4 anos e acima de 9 anos:
Secretaria Municipal de Saúde
Polos de vacinação Poliomielite e Multivacinação – crianças de 1 ano a 14 anos, 11 meses e 29 dias:

Centro de Saúde de Guarus (CSG)

Cidade da Criança (crianças de 2 meses a 6 anos, 11 meses e 29 dias)

Hospital São José

UBS Baleeira

UBS Parque Prazeres

UBS Penha

UBS Poço Gordo

UBS Ponta Grossa dos Fidalgos

UBS Saturnino Braga

UBS Sentinela do Imbé

UBS Tocos

UBS Venda Nova

UBSF Aldeia

UBSF Conselheiro Josino

UBSF Dores de Macabu

UBSF Felix Miranda

UBSF IPS

UBSF Jamil Ábido

UBSF Lagamar/Farol de São Tomé

UBSF Lagoa de Cima

UBSF Morangaba

UBSF Morro do Coco

UBSF Parque Imperial

UBSF Parque Rodoviário

UBSF Patronato São José

UBSF Ponta da Lama

UBSF Santa Cruz

UBSF Santa Maria

UBSF Santo Amaro

UBSF Santos Dumont

UBSF São Sebastião

UBSF Vila Nova

UPH Santo Eduardo

UPH Travessão

UPH Ururaí

Secom*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *