Repasse de recursos da SES-RJ viabilizará novo centro de hemodiálise em Campos - Tribuna NF

Repasse de recursos da SES-RJ viabilizará novo centro de hemodiálise em Campos

Prefeito Wladimir Garotinho e o secretário de Estado de Saúde Dr. Luizinho

Clínica oferecerá mais opções de atendimento a pacientes renais das regiões Norte e Noroeste do estado do Rio

Um centro de hemodiálise será construído em Campos dos Goytacazes com recursos da Secretaria de Estado de Saúde (SES-RJ). De acordo com a Resolução SES Nº 3111, publicada no Diário Oficial no último dia 28 de junho, a SES fará o aporte de R$ 15 milhões para a implantação da unidade.

Anexo ao Hospital Geral de Guarus, no Parque Calabouço, a unidade receberá o nome de Clínica Regional de Hemodiálise Amigos do Rim Francisco Paes Filho, e contará com 60 cadeiras de hemodiálise. O atendimento estará disponível em três turnos. Haverá também oito leitos especiais em locais isolados para pacientes com patologias infecciosas. Assim, um paciente que tenha covid ou hepatite C, por exemplo, e precise fazer hemodiálise, não ficará no salão, mas em local isolado, em leito individualizado. Haverá, ainda, quatro leitos de estabilização para pacientes que tiverem alguma intercorrência, como queda de pressão, durante o tratamento.

A construção e a gestão da unidade ficarão a cargo da prefeitura. O repasse financeiro no valor de R$ 15 milhões será transferido ao Fundo Municipal de Saúde em duas parcelas: a primeira, de 60% do valor total do projeto; a segunda, de 40%, a ser repassada após a prestação de contas parcial, referente aos recursos do aporte inicial. Aos investimentos estaduais, se somarão os municipais, no valor de R$ 719.387,17, totalizando R$ 15.719.387,17.

“Nosso objetivo é promover a melhoria da qualidade no atendimento aos pacientes com insuficiência renal que têm indicação para esse tratamento. Queremos oferecer mais oportunidades de acesso ao SUS no Norte e no Noroeste do nosso estado”, explica o secretário de Estado de Saúde, Dr.Luizinho.

Atualmente, Campos tem 45 pacientes renais inscritos no Sistema Estadual de Regulação (SER) à espera de iniciar o tratamento de hemodiálise. Com o novo centro, a expectativa é que essa espera seja reduzida ao máximo.

A SES-RJ tem trabalhado para ampliar o acesso dos pacientes em hemodiálise ao serviço de transplante renal, com a abertura de novas vagas em hospitais para estes procedimentos.

O Estado do Rio de Janeiro também foi pioneiro no cofinanciamento dos serviços de diálise e está fazendo a complementação da tabela SUS para garantir a continuidade do tratamento renal em clínicas conveniadas. No ano passado, o RJ complementou a tabela SUS do Governo Federal com mais R$ 87 milhões e este ano a complementação prevista é de R$ 110 milhões, com a previsão de aumento de 25% de cadeiras para o tratamento.

Ascom SES*

Alerj

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *