Quanto custa um celular com 5G? Veja modelos e valores

A conexão 5G começará a se espalhar pelo Brasil a partir de 2022 e para aproveitar a novidade é preciso que o aparelho celular seja compatível com a tecnologia.

Confira os modelos à venda no Brasil que podem acessar a rede. A maioria dos modelos são considerados de ponta, ou seja, são mais caros. As opções mais em conta partem de R$ 1.999 (os preços foram consultados nos sites oficiais das fabricantes em 31 de outubro de 2021):

Apple

  • iPhone 12 mini (R$ 5.699)
  • iPhone 12 (R$ 6.499)
  • iPhone 13 mini (R$ 6.599)
  • iPhone 13 (R$ 7.599)
  • iPhone 13 Pro (R$ 9.499)
  • iPhone 13 Pro Max (R$ 10.499)

Os modelos iPhone 12 Pro e 12 Pro Max também são compatíveis com o 5G, mas deixaram de ser vendidos no Brasil com a chegada da nova linha.

Samsung

  • Galaxy A32 5G (R$ 1.999)
  • Galaxy A52s 5G (R$ 2.799)
  • Galaxy M52 5G (R$ 2.399)
  • Galaxy Note20 5G (R$ 4.499)
  • Galaxy Note20 Ultra 5G (R$ 5.999)
  • Galaxy S21 5G (R$ 4.499)
  • Galaxy S21+ 5G (R$ 5.599)
  • Galaxy S21 Ultra 5G (R$ 7.999)
  • Galaxy Z Flip3 5G (R$ 6.999)
  • Galaxy Z Fold2 5G (R$ 13.999)
  • Galaxy Z Fold3 5G (R$ 12.799)

A empresa disponibiliza ainda o modelo Galaxy A52 5G, mas ele não está listado em sua loja oficial – apenas no varejo.

Motorola

  • moto g 50 5G (R$ 1.999)
  • moto g 100 5G (R$ 3.799)
  • motorola edge 20 (R$ 3.999)
  • motorola edge 20 lite (R$ 2.999)
  • motorola edge 20 pro (R$ 4.999)

Os modelos moto g 5G, motorola edge, motorola edge+ também são compatíveis com o 5G, mas não estão listados na loja oficial da fabricante – apenas no varejo.

Xiaomi

  • Mi 10T (R$ 6.199)
  • Mi 10T Pro (R$ 7.299)
  • Mi 11 (R$ 9.999)
  • POCO F3 (R$ 6.399)
  • POCO M3 Pro (R$ 2.999)
  • Redmi Note 10 5G (R$ 2.699)
  • Xiaomi 11 Lite 5G NE (R$ 3.999)

Realme

  • realme 7 5G (R$ 2.599)
  • realme 8 5G (R$ 2.299)
  • realme GT Master Edition (R$ 3.699)

Asus

  • ROG Phone 5 (R$ 5.999)
  • ROG Phone 5s (R$ 7.499)
  • ROG Phone 5 Pro (R$ 12.999)

Já dá para usar?

Algumas cidades possuem uma versão simplificada da rede em um número pequeno de bairros, e é possível experimentar velocidades maiores para acessar a internet.

O potencial completo do 5G, no entanto, só começará a valer depois que as operadoras instalarem uma nova infraestrutura de antenas.

Com G1*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *