Prefeitura de SFI utiliza georreferenciamento para contabilizar queimadas

Como forma de aperfeiçoar a contabilização de queimadas em São Francisco de Itabapoana (SFI), a prefeitura, por intermédio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Defesa Civil (Sema), iniciou a utilização de georreferenciamento.

Somente no mês de agosto, através de quatro solicitações recebidas (detalhes no final da matéria), o órgão contabilizou quase 50 mil m2 de área atingida por fogo.

A diretora do Departamento de Fiscalização Ambiental, Juliana Alves, explicou que, por meio da tecnologia, são obtidos dados mais precisos. Segundo ela, “as extremidades das queimadas são medidas com GPS, obtendo as coordenadas, e depois, utilizamos programas específicos de georreferenciamento para medirmos a área total”.

A secretária municipal de Meio Ambiente e Defesa Civil, Luciana Soffiati, ressaltou a necessidade de comunicar a ocorrência de queimadas por meio do Canal Verde (22 9 8161-6713) ou pela página no Facebook.

“A Lei nº 9.605/98, que dispõe acerca de crimes ambientais, prevê reclusão e multa para quem provoca incêndio em mata ou floresta. Além disso, causar poluição de qualquer natureza, resultando em danos à saúde humana, mortandade de animais ou destruição da flora, também é considerado crime”, destacou.

Detalhes sobre as queimadas contabilizadas pelo georreferenciamento:

Através de denúncia, uma equipe da Sema esteve na Rua Amélia Buechem Dois. A fumaça atingiu parte da área central de SFI e, segundo relatos de moradores, provocou significativo incômodo. Foram aproximadamente 142 m² de área queimada.

– 2/08

Um chamado do Canal Verde conduziu analistas ambientais até as proximidades do Trevo das Praias, também no Centro do município. No local, os servidores encontraram queimada de resíduos sólidos perto de um trecho da RJ-232. As condições climáticas, como tempo seco e ventos fortes, foram facilitadores para a expansão da área queimada, que totalizou 1.848 m².

– 18/08

Queimada em Santa Clara em uma área de 19 891 m². No local, os analistas ambientais verificaram a presença de resíduos sólidos dispostos de modo irregular.

– 19/08

Incêndio às margens da RJ-224, na altura de Imburi. A área queimada foi de 28.032 m²

Ascom SFI

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *