18/06/2024
Campos

Prefeitura atua para drenar água na Vila Manhães, Vila Menezes e Novo Jóquei

Devido ao período de chuvas intensas e o transbordamento do Rio Paraíba do Sul, que fez subir o lençol freático causando inundações nas regiões de formação de bacias (região de nível baixo), algumas ruas e terrenos dos bairros Vila Manhães, Vila Menezes e Novo Jóquei ficaram alagadas. Na manhã desta quarta-feira (19), o secretário de Agricultura, Pecuária e Pesca, Almy Junior, e o Secretário de Defesa Civil de Campos, Alcemir Pascouto, intensificaram os trabalhos de drenagem com uso de máquina retroescavadeira de esteira, que trabalha em área pantanosa, e máquina pá mecânica para desobstrução dos canais próximos.

As ações estão sendo concentradas no canal secundário que drena águas dos três bairros e que, em função da falta de manutenção nos últimos anos, foi tomado por densa vegetação, inclusive com o surgimento de árvores que impediam o fluxo das águas. Para a desobstrução, as máquinas tiveram que abrir caminho em meio ao mato denso margeando o canal secundário. A limpeza seguiu o até o Canal São José, que deságua no Canal Coqueiros, levando as águas para a Lagoa Feia.

O secretário Almy Junior destaca que, além dos transtornos nos bairros situados na região de formação de bacias, as águas causam prejuízos aos pequenos agricultores das agrovilas da Vila Manhães e Vila Menezes. “Nossos esforços em drenar as águas é para minimizar os transtornos das enchentes aos moradores e horticultores das agrovilas”, concluiu o secretário.

O morador Milton Barroso da Silva demonstrou satisfação com as intervenções conjuntas pelas secretarias de Agricultura e Defesa Civil.

“Moro aqui há mais de 15 anos e posso afirmar que o problema com enchente surgiu depois que construíram uma vala, que faz um contorno grande e acaba trazendo a água para toda essa região do bairro, alagando as ruas e chagando às nossas casas. Antes, a água ia direto para o canal de drenagem. Meus filhos e os vizinhos deles tiveram de sair de casa, porque alagou tudo. Ainda bem que a prefeitura mandou esse socorro e acreditamos que, agora, esse sofrimento vai acabar”, declarou o morador.

Subcom*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *