Prefeito Wladimir mantém diálogo com os servidores sobre a progressão funcional

Cumprindo a premissa de que o diálogo e a transparência são sempre o melhor caminho, o prefeito Wladimir Garotinho esteve, nesta quarta-feira (11), na sede do Sindicato dos Profissionais Servidores Públicos Municipais de Campos (Siprosep). Na ocasião, foi esclarecido a respeito da petição apresentada pela Procuradoria Geral do Município (PGM), sobre o recurso da Prefeitura de Campos que não havia sido julgado, a respeito da progressão funcional dos cerca de 2.600 servidores que ingressaram na prefeitura sem concurso e adquiriram estabilidade por força constitucional, para que os mesmos não tenham desconto em seus pagamentos.

Acompanhado do procurador Geral do Município, Roberto Landes, e do vereador e líder do governo na Câmara, Álvaro Oliveira, Wladimir deixou claro que está junto com o sindicato na pauta em relação a progressão funcional. “Quando fomos comunicados pela Justiça sobre os descontos, imediatamente nosso procurador e sua equipe se debruçaram no processo para tentar reverter a decisão. Foi quando descobrimos que o recurso, impetrado pela Prefeitura de Campos, não havia sido julgado. O que a Justiça determinou é covardia. Vamos lutar juntos, lado a lado. Preciso reduzir a folha salarial, mas não a esse preço”, afirmou o prefeito.

Além de explanarem seus anseios e sugestões, servidores da Saúde, Educação e da Guarda Civil Municipal (GCM) entregaram por escrito suas demandas, que vão ser avaliadas pelo governo. “É muito importante a aproximação com as categorias. É um momento difícil que a Prefeitura vive, mas sabemos que o servidor também está há um tempo em situação difícil, então viemos dialogar, e ver o que é possível, dentro da realidade da Prefeitura, poder achar o meio termo. Enquanto houver o diálogo, há esperança, e a gente vai manter o diálogo aberto sempre para atender no que for possível. Ressalto a importância do diálogo sadio e ter sempre a verdade, para assim encontrar caminhos”, destacou Wladimir.

O procurador geral, Roberto Landes, falou sobre a Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin). “Nós explicamos como é o tramite e que o recurso foi enviado na sexta-feira ao Supremo Tribunal Federal (STF). Agora estamos na expectativa de um novo julgamento”, disse.

Satisfeita com a aproximação do gestor municipal com o Siprosep, a presidente do sindicato, Elaine Leão, ressaltou a importância do diálogo aberto e frisou a dificuldade que tinha em ser recebida pela gestão anterior. “O mais importante é que Wladimir está com o diálogo aberto, mesmo com outras divergências, o que é natural entre sindicato e governo. Caminhando juntos, vamos conseguir encontrar solução para Campos. O caminho é sempre o diálogo e a vinda dele, aqui, foi proveitosa e esclarecedora. O prefeito foi transparente, o que deixa o servidor tranquilo em saber que estamos tendo voz e que teremos a resposta. Os servidores sabem que não tínhamos esse diálogo no governo anterior, nunca éramos recebidos”, ressaltou.

Ascom*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *