Prefeito Wladimir lidera mobilização contra nova tributação a empresas de petróleo

O prefeito Wladimir Garotinho, na condição de presidente da Organização dos Municípios Produtores de Petróleo da Bacia de Campos (Ompetro), participa de reunião com o governador Cláudio Castro na manhã desta terça-feira (28), no Rio, ao lado de outros representantes da região, para pedir o veto da Lei 5.190/21 aprovada pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), que cria novos tributos para empresas de petróleo. A proposta, de autoria do deputado Luiz Paulo Corrêa da Rocha, vai provocar, segundo especialistas, redução nos investimentos planejados para o setor.

Wladimir destaca que a lei não é boa, porque certamente vai gerar desinvestimento na Bacia de Campos, com a fuga de empresas já instaladas e empresas que estão em vias de iniciar a produção de petróleo.

“Como prefeito de Campos e presidente da Ompetro vou pra cima desse veto. O governador precisa nos ouvir e atender os municípios produtores de petróleo, principalmente os do Norte Fluminense. Essa lei gera insegurança jurídica e desinvestimento na Bacia de Campos. Um absurdo ter sido aprovada sem consultar os prefeitos”, desabafa Wladimir, que conta com a sensibilidade do governador Cláudio Castro para vetar a lei que vai contra as políticas públicas do próprio Estado no fomento à retomada do desenvolvimento econômico.

Subcom*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.