Prefeito Wladimir Garotinho corta queijo de 120 kg e encerra a III Festa do Queijo - Tribuna NF

Prefeito Wladimir Garotinho corta queijo de 120 kg e encerra a III Festa do Queijo

IPTU - Prefeitura de Campos dos Goytacazes

O queijo de 120 quilos, produzido com mil litros de leite, teve o primeiro corte feito pelo prefeito Wladimir Garotinho, que prestigiou a III Festa do Queijo, na noite deste domingo (11), em Espírito Santinho. Na ocasião, o prefeito conversou com os produtores da região Norte do município, buscando integração e fortalecimento da agricultura familiar.

O evento, organizado pela Associação de Moradores de Espírito Santinho (Amores), com apoio Prefeitura de Campos, por meio da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca e parceria da Emater-RJ e da Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento, passará a figurar no calendário oficial de eventos do município.

A Festa contou pela primeira vez com a presença de um prefeito. Wladimir falou que a base do crescimento é a união. “Conte sempre conosco para apoiar este evento, pois só com união vamos crescer. Quando as pessoas se ajudam, o progresso chega”.

Para o secretário de Agricultura, Pecuária e Pesca, Almy Júnior, eventos como a Festa do Queijo são uma forma de mostrar a força da agricultura familiar.

” É preciso retornar a produção que tínhamos no passado. O governo Wladimir Garotinho luta muito para que os agricultores recebam assistência técnica, tenham acesso à capacitação e se organizem em associações e cooperativas que realmente funcionem. Essa Festa foi organizada pela Amores, que é um exemplo da força que uma organização tem”.

Artesãos também fizeram parte da Festa, Shirley Jardim, que trabalha há 25 anos com fibra de taboa, fez questão de abraçar o prefeito num gesto de agradecimento pelo apoio da municipalidade ao artesanato.

“Sempre precisamos de apoio, cada vez mais, e o governo municipal tem olhado pelo artesão. Para mim, que moro no interior, é mais difícil estar sempre em Campos, mas as Feiras são sempre bem vindas”, disse a artesã que produz cestas, bolsas e tapetes.

Secom*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *