Prefeito Wladimir debate projeto do novo Centro de Abastecimento e Polo Agroalimentar - Tribuna NF

Prefeito Wladimir debate projeto do novo Centro de Abastecimento e Polo Agroalimentar

IPTU - Prefeitura de Campos dos Goytacazes

O projeto do Novo Centro de Abastecimento e Polo Agroalimentar de Campos (Ceascam) foi discutido em reunião nesta segunda-feira (13) com o Prefeito Wladimir Garotinho, o secretário municipal de Agricultura, Pecuária e Pesca, Almy Júnior; o subsecretário da pasta, Alberto Mafatti, e o superintendente de Abastecimento, Alfredo Dieguez, além dos vereadores Nildo Cardoso e Álvaro Oliveira e o professor associado do Laboratório de Gestão de Políticas Públicas da Uenf, Mauro Macedo. O projeto preliminar do Ceascam, modelo de mercado de 4ª geração para substituir o antigo Ceasa de Guarus, consta do plano de governo de Wladimir como equipamento para facilitar a comercialização da produção agrícola e distribuição de alimentos.

“Com um design moderno e tecnológico, o Novo Ceascam vai revolucionar o mercado de abastecimento e trazer mais eficiência e sustentabilidade para o setor. Campos hoje tem uma política pública de fortalecimento da agricultura e o Centro de Abastecimento e Polo Agroalimentar vai otimizar a logística de transporte, promover a redução do desperdício de alimentos e valorizar os pequenos produtores de nossa cidade. Na reunião tivemos a oportunidade de tirar dúvidas e propor sugestões para o projeto para aprimorá-lo”, declarou Wladimir.

O secretário Almy Júnior destacou que o prefeito fez grandes investimentos na agricultura e, agora, vai retomar um projeto que só tende a fortalecer o setor.

“Depois de o prefeito ter feito investimentos robustos em infraestrutura rural, na aquisição de máquinas e equipamentos para a recuperação das estradas do interior do município e construção de pontes que vão propiciar a diversificação e o escoamento da produção agrícola e, ainda, ter implantado programas para disponibilizar assistência técnica e capacitação para pequenos produtores e agricultores familiares, possibilitando o uso de novas tecnologias para a melhoria da produção de alimentos, o Novo Ceasa será mais um componente para desenvolver a política pública que ele criou para a agricultura. Nós temos promovido feiras livres, temos projeto para o Mercado Municipal e outros para criar canais de comercialização da produção e o Novo Ceascam só virá somar. O prefeito prometeu em campanha, está no plano de governo dele e, após dois anos de investimentos para fortalecer o campo, retoma o projeto do novo Ceasa, que não é um componente isolado e, sim, mais uma ferramenta para integrar o processo de comercialização e distribuição de alimentos e fortalecimento da agricultura em Campos”, explicou Almy.

O professor Mauro Macedo afirma que um grupo de professores, alunos e pesquisadores trabalha no projeto, com destaque para o professor Altivo Cunha, consultor da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO/ONU).

“Mercados desse porte, de 4ª geração, atuam como dinamizadores da economia nos sistemas alimentares urbanos, pois incentivam atividades econômicas como a criação de diversas empresas e serviços em seu entorno imediato, gerando empregos e renda e a valorização fundiária. Eles favorecem a transparência de preços, aumentando a competição e estabelecendo referência de padrões de comercialização e de qualidade para produtos frescos. Também promovem entornos alimentares saudáveis, com a comercialização de produtos de alto valor nutricional, como frutas, hortaliças, verduras, grãos, leguminosas de temporada, produtos frescos e de qualidade provenientes da agricultura familiar e produtores locais”, complementou o professor da Uenf.

Secom*

Alerj

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *