Prefeito de Itaperuna pode voltar a qualquer instante

Diferentemente das outras medidas requeridas, agora o prefeito de Itaperuna afastado, Marcus Vinícius, requereu junto ao presidente do Tribunal de Justiça do Rio de janeiro, a suspensão da liminar que o afastou do cargo de chefe de executivo, por determinação do juiz local, a pedido do Ministério Público.

A Suspensão de Liminar protocolada nesta segunda-feira (8) é a de número 0019451-45.2019.8.19.0000, assim como o prefeito vem representado por uma constelação de renomados jurídicos como o filho ex-presidente do Tribunal de Justiça, Luiz Zveiter, o advogado Flávio Zveiter, e o renomado eleitoralista Eduardo Damian Duarte.

Pode preparar a festa. No interior costuma se dizer que é macuco no “imbornar”.

O prefeito está afastado desde o dia 21 de março e ação foi distribuída em 27 de fevereiro, conforme andamento acostado nos autos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *