Policiais da 134° DP cumprem mandado de prisão do “MC Pretinho”, autor dos crimes de Estupro Qualificado, Extorsão e Lesão Corporal

MC Pretinho, que viralizou nas redes sociais após uma batalha de rimas em que ele e a esposa teriam sofrido um ataque de transfobia, foi preso, nesta segunda-feira (3), em Macaé. Ele foi trazido para Campos pela Polícia Civil e levado para a 134ª DP. Segundo informações da unidade, ele responde a acusações de estupro, extorsão e lesão corporal.

“No dia 17/11/2021, a vítima de 17 anos, transexual P.T.S. “JÚLIA” noticiou que E.D.D.I., vulgo “MC PRETINHO”, após sair de um evento no centro da cidade, o convidou para ir a um hotel e, neste ambiente, a constrangeu, mediante violência e grave ameaça, a praticar e a permitir que com ela se praticasse sexo oral e outros atos libidinosos. A vítima recusou-se e “MC PRETINHO”, insatisfeito, desferiu-lhe tapas no rosto e mordidas no peito, ocasionando a lesão corporal, bem como a constrangeu, mediante grave ameaça, a fazer PIX para sua conta bancária como forma de compensação a esta negativa, o que realizado. “MC PRETINHO” foi indiciado pela Delegada pelos crimes de lesão corporal, extorsão e estupro qualificado, o Ministério Público acompanhou o indiciamento e ofereceu denúncia. Foi decretada a prisão preventiva e hoje, 03/01/2021, às 10:30h, “MC PRETINHO” foi capturado na praça Washington Luiz, no centro de Macaé, após dedicado trabalho de inteligência da equipe da 134-DP, já que estava foragido da cidade, morando na rua e sem aparelho telefônico. As penas somadas variam de 12 anos e 3 meses a 23 anos e o preso será encaminhado à Casa de Custódia.”, informa a nota da 134ª Delegacia de Polícia do Centro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.