Polícia detém dois suspeitos por armazenar e vender linha chilena no Jardim Carioca

Dois homens foram detidos, no início da tarde desta segunda-feira (3), por suspeita de armazenar e vender linha chilena. De acordo com a Polícia Militar, os agentes chegaram a uma casa no Jardim Carioca após vários dias de levantamento do serviço de inteligência da PM, onde foram encontrados 131 carreteis de linha chilena e uma máquina de enrolar carreteis.

Na casa foram detidos um homem de 37 anos, com anotações por tráfico de drogas e associação para o tráfico; e outro de 30, também com anotação por tráfico. O material apreendido e os suspeitos foram encaminhados à 146ª Delegacia de Polícia (Guarus).

A Lei 8.478, que alterou a norma que proibiu a venda e uso do cerol e linha chilena no Estado do Rio, foi sancionada pelo governador Wilson Witzel e publicada no Diário Oficial em julho do ano passado. A lei que já existia punia com multa administrativa apenas os comerciantes que punham à venda ou fabricassem esses materiais sem, no entanto, punir os usuários. A alteração no dispositivo legal permite punir os usuários também.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: