Polícia Civil RJ cumpre mandados em operação para combater fraudes na compra de respiradores neste sábado

Agentes da Polícia Civil do Rio cumpriram mandados de busca e apreensão na manhã deste sábado (9) em uma operação para combater fraudes na compra de respiradores pelo governo de Santa Catarina.

Em um galpão em Vargem Pequena, na Zona Oeste, os agentes apreenderam máscaras n-95, um Equipamento de Proteção Individual essencial para o trabalho das equipes de saúde, máscaras de oxigênio, laptops e peças para respiradores, a máquina mais importante de uma unidade de terapia intensiva dedicada ao tratamento de pacientes da Covid-19

A ação foi realizada em conjunto com as polícias civis de Santa Catarina, São Paulo e do Mato Grosso. De acordo com as investigações, a quadrilha foi responsável pela fraude de 200 respiradores para o governo catarinense. O valor da compra foi de R$ 30 milhões.

No local os agentes também encontraram indícios de adulteração de álcool em gel e uma perícia foi chamada para o local.

Durante a investigação, os policiais descobriram que o esquema criminoso envolveu corrupção de agentes públicos, falsidade ideológica em documentos oficiais, criação de empresas de fachada e lavagem de dinheiro.

A Polícia Civil de Santa Catarina pediu o apoio da polícia do Rio de Janeiro, porque a empresa e os envolvidos na venda são da capital carioca.

G1*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *