PF identifica viagens de Paulo Melo para Campos em avião de Mário Peixoto no período eleitoral de 2016

A Polícia Federal identificou durante a operação Favorito, desdobramento da Lava Jato RJ, deflagrada na semana passada, onde foram presos o empresário Mário Peixoto, o ex-presidente da Alerj Paulo Melo e outros membros da suposta organização criminosa, algumas viagens na aeronave em nome da Átrio Rio, de propriedade de Peixoto.

A organização criminosa iniciou suas atividades na gestão Sérgio Cabral e teria, segundo o Ministério Público Federal, continuado na gestão Witzel.

No relatório do MPF, chama a atenção a relação de viagens na aeronave prefixo PR-MFA, adquirida pela Atrio Rio em 2012 pelo valor de R$ 1.030.380,00, que tinha como piloto o comandante Avelyno Luz. Consta do relatório viagens de Paulo Melo, Jorge Picciani e familiares.

Em duas ocasiões, é relatado pelo piloto da aeronave viagens de Paulo Melo durante o período eleitoral de 2016 para Campos dos Goytacazes. Chama ainda mais a atenção que nas duas ocasiões ocorreram fatos importantes durante aquele período, no qual não se tem conhecimento público que Paulo Melo esteve em Campos.

Ao que tudo indica, as investigações da Lava Jato ainda devem revelar muitas coisas ocultas que ocorreram naquele ano tão tumultuado na planície Goitacá.

A conferir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: