13/07/2024
Polícia

Pai suspeito de espancar filha até a morte é encontrado morto

O pai da menina Paloma Fernandes, de 6 anos, principal suspeito de ter espancado a filha até a morte na terça-feira (18), foi encontrado morto nesta sexta-feira (21), em Cariacica, na Grande Vitória. A informação foi confirmada pelo Superintendente de Polícia Especializada delegado Romualdo Gianordoli. Oseas Marciel Soares, de 48 anos havia fugido após o crime e tinha mandado de prisão em aberto desde a noite de quarta-feira (19). O corpo dele foi encontrado em uma área de mata no bairro Novo Brasil.

Em nota, a Polícia Civil informou que o corpo de Oseas foi encaminhado para o Departamento Médico Legal (DML) de Vitória, onde exames vão determinar a causa da morte. Quando forem concluídas, as investigações serão encaminhadas ao Ministério Público (MPES).

A criança foi assassinada dentro de casa na noite de terça-feira (18). O corpo da menina foi encontrado ao lado da mãe Sônia Fernandes, de 46 anos, que estava gravemente ferida.

De acordo com a perícia da Polícia Civil, a criança morreu devido a um corte profundo na cabeça. Ainda segundo a investigação, as agressões foram praticadas por volta das 17h, mas a PM só foi acionada para a ocorrência à noite, após uma denúncia de um homicídio.

Desde o início das investigações, policiais civis apontam o Oseas Marciel Soares como principal suspeito do crime, mas ele não havia sido encontrado, até então.

Nesta quinta-feira (20), o juiz Alexandre Pacheco Carreira, decretou a prisão temporária de Oseas, argumentando que a medida era “imprescindível para o sucesso das investigações” que visam esclarecer um fato que poderia ter a participação dele.

O juiz acrescentou ainda que a gravidade do caso e a “repulsa social” de crimes dessa natureza também justificavam a prisão temporária.

Estado de saúde da mãe é gravíssimo

Segundo o Boletim de Ocorrência (BO) da Polícia Militar, a esposa de Oseas e mãe de Paloma, Sônia Fernandes, foi encontrada viva, mas tinha dificuldade de falar e andar.

A mulher apresentava um afundamento na cabeça e um hematoma no tórax. Ela foi socorrida e encaminhada para o Hospital Estadual de Urgência e Emergência, em Vitória, em estado grave.

Uma prima de Sônia, que não quis se identificar, contou na tarde de quarta-feira (19) a vítima tinha poucas chances de sobreviver e que a mulher estava “basicamente sobrevivendo por causa dos aparelhos”.

A parente disse ainda que, por volta das 16h, Sônia abriu os olhos, reconheceu o sobrinho e também mexeu os braços.

Cartas para Paloma

Alunos da EMEF Euvira Benedita Cardoso da Silva, escola onde Paloma estudava no bairro Novo Brasil, em Cariacica, fizeram cartas para se despedir da amiga. Todos os recados foram colocados em uma caixa, chamada de ‘caixa de memórias’, que foi enviada para a família da aluna.

Essa foi a forma encontrada pela direção da unidade para que a informação fosse dada às crianças e todos pudessem se despedir e fechar esse ciclo.

Algumas mensagens foram destinadas também à mãe de Paloma, Sônia Fernandes, desejando que ela se recupere prontamente.

Fonte: G1 ES

Alerj

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *