Orquestra Mariuccia Iacovino brilha no aniversário de 24 anos do Teatro Trianon - Tribuna NF

Orquestra Mariuccia Iacovino brilha no aniversário de 24 anos do Teatro Trianon

IPTU - Prefeitura de Campos dos Goytacazes

O Show Concerto com a Orquestra Sinfônica Mariuccia Iacovino, da ONG Orquestrando a Vida, foi a atração desta sexta-feira (29) da programação em comemoração aos 24 anos do Teatro Municipal Trianon. O espetáculo foi marcado por encontros especiais, nos quais artistas convidados dividiram o palco com os jovens músicos. O prefeito Wladimir Garotinho assistiu ao espetáculo, junto da presidente da Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima (FCJOL), Auxiliadora Freitas, e de sua vice, Fernanda Campos.

Quando as cortinas se abriram, sob a regência do maestro Brian Fleming, a Sinfônica Mariuccia Iacovino iniciou a noite que seria marcada por momentos de alegria e emoção. O músico Hodyllon Martins apresentou a performance “O Violino Vermelho”, trazendo a canção “Rei do Show”. Em seguida, o cantor Roan Morais, do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, apresentou “O Sole Mio”. Junto dos cantores Luciana Ribeiro – ex-participante do “The Voice Brasil” – e Ed Gouveia (Duo Rio), Roan Morais cantou “Quiza, quizas”.

Em diversos momentos do espetáculo, Ronaldo Vasconcelos e dançarinos de sua escola de dança encantaram o público, com bonitas performances. As jovens cantoras Laurah Pessanha e Livia Corrêa, que brilharam no “The Voice Kids”, também fizeram participações especiais. E, em um dos momentos mais emocionantes do show, a Banda de Gaitas Escocesas Brazilian Pipers, regida pelo maestro J Paulo, se apresentou. No encerramento do espetáculo, os artistas voltaram ao palco e, junto do prefeito, cantaram parabéns para o Trianon.

“Ver jovens de nossa Campos brilhando no palco de um teatro que foi tão sonhado é o maior presente que posso receber, na celebração dos 24 anos do Trianon. Quero deixar meu abraço aos artistas e, principalmente, a cada profissional que faz esse teatro funcionar, enchendo nosso município de orgulho. Parabéns, Trianon”, disse Wladimir.

Em seu discurso, Auxiliadora Freitas relembrou a luta da classe artística para que o novo Trianon se tornasse realidade, em 31 de julho de 1998. “Depois de perder o Cine Teatro Trianon, em 1975, Campos abriu uma gigante lacuna em sua atividade cultural. Iniciado fim da década de 1980, o movimento que deu origem ao novo Trianon, encabeçado por nossos artistas, hoje, 24 anos depois, mostra os frutos dessa geração de artistas com a marca da nova era que vivemos, com um teatro raramente visto em grandes capitais”, destacou.

Último a falar, o presidente da ONG Orquestrando a Vida, maestro Jony William, relembrou a estreia do Trianon. “Hoje temos gerações de músicos que já têm, em seu DNA, a marca Trianon. No começo dessa história, apresentamos o espetáculo ‘Arthemis’, pela passagem do 8º Femúsica e, na noite de hoje, revivi, em minha memória, toda aquela emoção. Desejo vida longa ao nosso Trianon, palco de glória das estrelas nacionais e dos talentos da terra”, disse.

Secom*

Alerj

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *