Operação contra agressores de mulheres tenta prender quase 100 no RJ

Policiais civis de todo o Brasil iniciaram nesta segunda-feira (8), Dia Internacional da Mulher, a Operação Resguardo, contra agressores de mulheres.

No Estado do Rio, são 98 mandados de prisão. Até a última atualização desta reportagem, 25 homens haviam sido presos no RJ — alguns por estupro, outros por agressão, e outros por não pagar fiança.

Mandados também foram cumpridos no Paraná, em Sergipe e na Bahia. A força-tarefa nacional tinha prendido, desde o início de 2021, quase 8.300 pessoas e emitido 51 mil medidas protetivas.

31 mil denúncias só no RJ
Em todo o RJ, a série histórica contra a violência contra a mulher soma 31 mil denúncias, cerca de 1,3 mil presos e 9.360 medidas protetivas.

Sandra Ornellas, diretora do Departamento-Geral de Polícia de Atendimento à Mulher do RJ, explicou que 151 delegacias do estado foram mobilizadas na operação.

“Essas prisões de hoje são simbólicas. A violência contra a mulher é um reflexo do patriarcado e fruto da desigualdade profunda perante os homens”, afirmou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *