24/05/2024
Campos

Obra concluída e trecho da Avenida XV de Novembro liberado ao trânsito

Após nove meses do rompimento de parte do dique na Avenida XV de Novembro, o trecho de cerca de 200m de extensão que estava interditado para as obras de contenção, foi liberado nesta sexta-feira (15). O Prefeito Wladimir Garotinho, acompanhado do superintendente da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Cidades, Luiz Gustavo Ferreira, esteve no local, liberando a pista que dá acesso ao centro comercial do município.

O prefeito agradeceu pela celeridade com que o Governo do Estado atendeu sua solicitação: “Agradecendo mais uma vez ao Governador Cláudio Castro e aos deputados estaduais Bruno Dauaire e Rodrigo Bacelar, que foram incansáveis em dar celeridade à obra, pois à época, eu tinha muita preocupação com o volume de água, já que estávamos em um período de chuvas e o rio poderia subir. Esta é uma obra difícil de se fazer, mas depois de nove meses estamos entregando e liberando a pista, beneficiando principalmente os comerciantes que sofreram durante o período, de interdição, mas que foi necessário”.

Um dos empresários mais antigos da avenida, Marcelo Oliveira, proprietário do Pálace Hotel, comemora. “Hoje, com a abertura da XV de Novembro, entramos um tempo de recomeço, de uma nova etapa, pois temos que retomar os clientes que perdemos. Quero agradecer o empenho da Prefeitura, não só eu, mas todos os comerciantes da XV de novembro estão aliviados e com esperança. A avenida está bonita e a obra pelo que acompanhamos foi bem feita. O que vemos aqui é a prova que a união entre Estado, governo Federal e Municipal é importante. Quero também agradecer a Guarda Civil Municipal (GCM), que durante todo o tempo nos auxiliou de maneira ímpar. Só tenho a agradecer aos agentes que foram solícitos e de uma forma cortes nos ajudou muito”.

O comandante da GCM, Wellington Levino, falou sobre a atuação dos agentes. “Durante todo o período, a Guarda atuou no trânsito e na orientação aos comerciantes. Foram meses de muito serviço e muita atuação, pois entendemos que os comerciantes, transeuntes e os condutores necessitavam de atenção. A guarda se fez presente para ajudar no que foi necessário. Cito orgulhoso o empenho dos nossos agentes, que seguiram as orientações da administração pública, que é trabalhar com cordialidade e atenção”.

VISTORIA – O Secretário de Defesa Civil, Alcemir Pascoutto, disse que uma vistoria foi feita em toda extensão do dique. “Equipes da Defesa Civil e engenheiros do governo do Estado realizaram vistoria em toda a extensão do dique, pois ele é bastante antigo e merece nossa atenção. No entanto, não foi encontrada nenhuma anormalidade”.

PARCERIA – A união entre o governo Federal, Estadual e a Prefeitura foi imprescindível para a conclusão das obras. “Desde que assumi a Prefeitura, busco parceria com o governo Estadual e Federal. Campos por si só não conseguiria sair da situação que se encontrava quando assumi a Prefeitura. Então, a parceria com o governo do Estado é essencial para nossa gestão, ela vai continuar enquanto eu estiver como prefeito. Nós temos muitas obras em andamento, hoje temos cerca de R$1,3 bilhão em obras, sendo R$ 700 milhões em recurso municipal e o restante estadual. Para onde o cidadão for tem obra, que gera emprego e ativa a economia da cidade, ao mesmo tempo em fica mais bonita e melhor para se viver. Só tenho a agradecer a parceria”, enfatiza Wladimir.

ROMPIMENTO DO DIQUE – No dia 19 de dezembro do ano passado, parte do dique que margeia o rio paraíba do Sul se rompeu, entre as ruas Barão de Miracema e Voluntários da Pátria. O trecho corresponde a aproximadamente 200 metros de extensão. Durante o rompimento, um carro que passava pela Avenida XV de Novembro, chegou a ser arrastado e caiu no rio. Dois dias depois da queda, com a solicitação do prefeito Wladimir Garotinho, o governo do Estado enviou equipes de engenheiros para dar início aos trabalhos de estudo e topografia.

Em maio deste ano, a via que estava totalmente interditada, foi liberada em meia pista sentido Pecuária X Centro. Durante os cinco meses em que a pista ficou totalmente interditada, a Prefeitura de Campos, a fim de minimizar os transtornos para os comerciantes do local, criou estacionamento nas proximidades.

Secom*

Alerj

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *