22/05/2024
Política

Motorista é encontrado com R$ 175 mil em espécie na Av. Brasil e diz que dinheiro pertence a deputado federal

Agentes do Batalhão de Rondas Especiais e Controle de Multidão (Recom), da Polícia Militar do Rio, abordaram um veículo que estava parado na Avenida Brasil, uma das principais vias da cidade, com R$ 175 mil em espécie dentro de uma bolsa. O motorista do carro, identificado como Luiz Eduardo Cunha Gonçalves, disse desconhecer a origem do dinheiro e afirmou ser assessor parlamentar do deputado federal Gutemberg Reis. A informação foi revelada pelo site Tempo Real RJ e confirmada pelo GLOBO.

O veículo, um Range Rover Velar, e os seus três ocupantes foram levados para a 31ª DP (Ricardo de Albuquerque). Eles foram ouvidos na delegacia, mas acabaram sendo liberados em seguida. O caso foi encaminhado posteriormente para a 27ªDP (Vicente de Carvalho).

A Polícia Civil afirmou que o dinheiro foi apreendido e que uma investigação foi aberta e está em andamento para esclarecer os fatos.

Ao GLOBO, por meio de nota, o deputado Gutemberg Reis afirmou que “a pessoa citada na reportagem lhe prestou serviços freelancer em campanha eleitoral, na área de marketing, mas não possui qualquer vínculo empregatício ou de trabalho atualmente” e que “o dinheiro apreendido não é do deputado”.

O político, deputado federal desde 2019 e irmão do ex-prefeito de Duque de Caxias, Washington Reis (MDB), disse também que ficou sabendo da informação da apreensão “pela imprensa”.

Em nota, a Secretaria de Estado de Polícia Militar afirmou que, na sexta-feira (5/4), policiais militares do Batalhão de Rondas Especiais e Controle de Multidão (RECOM) realizavam patrulhamento na Av. Brasil, na altura de Guadalupe, quando tiveram atenção voltada para um veículo parado na calçada. A equipe deu ordem de desembarque para o condutor e os demais ocupantes. No interior do carro havia uma bolsa contendo cerca de R$ 175 mil.

As pessoas envolvidas na ocorrência não explicaram para a equipe qual seria a origem do dinheiro, sendo conduzidas para a 31ªDP e, posteriormente, para a 27ªDP. De acordo com a 31ª DP (Ricardo de Albuquerque), a ocorrência foi apresentada por policiais militares que, durante patrulhamento, abordaram um veículo com três pessoas.

Fonte: O Globo

Alerj

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *