17/06/2024
Polícia

Morre bebê que nasceu após a mãe ser assassinada em Campos

Morreu na manhã desta sexta-feira (3), o bebê que nasceu após a mãe ser assassinada, em Campos. A criança estava internada em estado grave no hospital da Beneficência Portuguesa, após nascer numa cesariana de emergência, no Hospital Ferreira Machado (HFM). A mãe, Letycia Peixoto Fonseca, morreu logo após dar entrada no hospital. Ela levou cinco tiros quando estava dentro do carro, em frente a casa da mãe dela. A mãe da gestante também foi baleada, mas recebeu atendimento no hospital e foi liberada.

O crime

Uma mulher grávida de 8 meses foi assassinada a tiros e sua mãe foi baleada por volta das 21h30 desta quinta-feira (02) dentro do carro na rua Simeão Scheremeth, perto da Avenida Arthur Bernardes, no Parque Aurora. Médicos do Hospital Ferreira Machado (HFM) conseguiram salvar o bebê que foi transferido para o hospital da Sociedade Portuguesa de Beneficência de Campos.

De acordo com informações da polícia, a vítima foi identificada como Letícia Peixoto Fonseca, de 31 anos, chegava à sua casa na companhia da sua mãe quando dois homens em uma motocicleta chegaram atiraram. Ela levou três tiros, sendo dois na cabeça. A mãe foi em direção aos autores do crime, quando foi empurrada e baleada. Ela está no HFM recebendo o socorro.

De acordo com informações da Polícia Militar os autores do crime já foram identificados. Uma pessoa já foi ouvida na 134ª DP e liberada.

De acordo com a delegada titular da 134ª DP (Centro), Natália Patrão, a perícia foi realizada no local e as imagens das câmeras de segurança estão sendo requisitadas e outras diligências estão em andamento para apurar a autoria e a motivação do crime. “Os autores não foram presos e o bebê permanece vivo”, disse a delegada.

Ainda segundo a delgada, a Segurança Pública está toda integrada nas ruas, nas investigações, ininterruptamente.

Com JTV*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *