Ministro ressalta importância da Bacia de Campos no cenário nacional

“A Bacia de Campos tem um simbolismo muito grande para o Brasil”. A afirmação é do ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, que, neste sábado (28), lançou, em Campos, o Programa de Revitalização e Incentivo à Produção de Campos Marítimos (Promar). O ministro foi recebido pelo prefeito Wladimir Garotinho, atual presidente da Organização dos Municípios Produtores de Petróleo (Ompetro). Junto com a comitiva ministerial vieram o deputado federal Christino Áureo e o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Energia e Relações Internacionais, Vinícius Farah.

“A sociedade brasileira descobriu que o petróleo e o gás natural são riquezas do país por meio da Bacia de Campos. O Rio de Janeiro é o estado da energia do Brasil, não só na área de petróleo e gás, mas também no que diz respeito a energia elétrica; e o lançamento do Promar, no município de Campos, vai gerar mais empregos e renda, por meio de investimentos que já estão sendo feitos não só pela Petrobras, mas por outras empresas que estão sendo atraídas para a Bacia de Campos, já que esta região detém de uma ótima infraestrutura e logística”, disse o ministro.

Bento Albuquerque falou também da receita proveniente dos royalties. “Campos já teve uma grande arrecadação por conta da atividade de petróleo e gás, que registrou declínio nos últimos anos. Agora, já percebemos uma recuperação e temos certeza que esse quadro apresentará crescimento nos próximos anos”, apontou.

O prefeito Wladimir Garotinho destacou a união entre os governos municipal, estadual e federal para o caminho do desenvolvimento. “A vinda do ministro de Minas Energia, Bento Albuquerque, a Campos representa novos tempos. O Promar é um programa essencial para a revitalização dos campos maduros e que vai trazer investimentos para toda a nossa região”, destacou.

PROMAR – O Programa de Revitalização e Incentivo à Produção de Campos Marítimos (Promar) foi instituído pela Resolução do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE), de número 10/2020. E tem por objetivos propor medidas para a criação de condições para a revitalização de campos maduros de petróleo e gás natural localizados no mar, no território nacional, além de propor medidas para o aproveitamento econômicos de acumulações de petróleo e gás natural em mar, considerados como de economicidade marginal.

Subcom*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *