Medidas restritivas da prefeitura com apoio da população e comerciantes evitam aglomerações em SFI

As medidas restritivas de prevenção à Covid-19, através do decreto municipal 23/2021 publicado na sexta-feira (26) pela Prefeitura de São Francisco de Itabapoana (SFI), associadas à colaboração da população e comerciantes, evitaram aglomerações no município no último fim de semana. Durante o sábado (27) e o domingo (28), as equipes de fiscalização registraram apenas casos isolados de descumprimento às determinações.

“Gostaria de agradecer à maioria dos comerciantes e da população de São Francisco de Itabapoana, que atendeu aos apelos do Poder Público e respeitou as medidas restritivas implementadas. Como tenho dito, sou sensível à situação de todos vocês, mas tenho certeza que, com união e muito trabalho, iremos superar este momento terrível. Aproveito para deixar o meu agradecimento à equipe de fiscalização da Prefeitura de SFI, que abriu mão do fim de semana para garantir que as medidas fossem cumpridas. Muito obrigada mesmo!”, revelou a prefeita Francimara Barbosa Lemos.

Fiscalização – Durante a fiscalização realizada pela equipe do Departamento de Postura, com suporte logístico e operacional da Empresa Municipal de Trânsito (Emtransfi) e da Guarda Civil Municipal (GCM) – órgãos integrantes da Secretaria de Segurança e Ordem Pública e Defesa Civil – e recebendo apoio da Polícia Militar (PM), alguns casos pontuais de irregularidades foram registrados.

Na localidade do Espiador, um bar, além de ser notificado, também foi fechado, já que não está na relação de atividades essenciais que podem funcionar durante o superferiado, que teve início na última sexta-feira (26) e vai até o próximo dia 4 de abril. No local, também era realizada uma festa de aniversário, o que igualmente está proibido pelo decreto neste período.

Os agentes notificaram outros estabelecimentos de atividades não essenciais que estavam funcionando nas seguintes localidades: Gargaú (3 comércios), Barra do Itabapoana (2), Guaxindiba (1), Manguinhos (1), Nova Balém (1), Santa Clara (1) e Volta Redonda (1).

Em Barra, um comerciante identificado posteriormente, tentou burlar a fiscalização fechando o estabelecimento e fugindo do local ao perceber a chegada dos agentes. Já consta uma notificação no referido comércio, que também será multado.

Na localidade de Gargaú, um estabelecimento recebeu multa por estar funcionando, apesar de não constar na lista de atividades essenciais, além de vários clientes estarem consumindo no local.

AsCom SFI

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *