Leo Santos resiste a golpes ilegais, vence e mantém invencibilidade no UFC

Campeão da segunda temporada do ‘TUF Brasil’, o campista multicampeão de jiu-jitsu Léo Santos retornou ao octógono neste sábado (11), no card preliminar do UFC 251, em Abu Dhabi, e manteve sua invencibilidade na organização. Para isso, porém, o veterano de 40 anos precisou resistir aos ataques ilegais de seu oponente.

Invicto no MMA até então, Roman Bogatov estreou no UFC levando a pior nos dois primeiros assaltos e quase sendo nocauteado pelo brasileiro. No entanto, sua resistência se provou válida quando, diante de um cansado oponente, ele passou a ditar o ritmo do confronto. E não fossem os três golpes baixos aplicados (duas joelhadas na genital e uma joelhada na cabeça enquanto Leo estava com os três apoios no chão), que deram tempo para o atleta da Nova União de recuperar, ele poderia ter uma chance.

Ao final da disputa, o parceiro de treinos de José Aldo foi declarado vencedor por decisão unânime dos jurados presentes na ‘Ilha da Luta’.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: