Homem que seria morto pelo tráfico é salvo pela polícia em Campos

Um homem que estava prestes a ser executado por traficantes em Guarus, subdistrito de Campos, foi salvo pela Polícia Militar (PM) na noite deste domingo (8).

De acordo com a corporação, a vítima, identificado pelas iniciais A.M.A., estava era interrogada e apedrejada em um terreno baldio localizado na rua Morro do Coco, no local conhecido como Chatuda do Parque Lebret, quando policiais que patrulhavam o bairro foram acionados por um morador que ouviu as agressões.

A PM, a pessoa informou à guarnição que havia passado próximo a um terreno baldio e ouvido gritos da vítima, que estava sendo espancada e questionada se era moradora do Parque Santa Helena, bairro dominado por uma facção rival.

Ao se aproximar do terreno, os militares perceberam duas pessoas, sendo uma delas identificadas como gerente do tráfico no local, tentando fugir do terreno pulando muros de residências vizinhas. Ao abordar os indivíduos, nenhum dos dois confessou participação e afirmaram que estavam no local apenas para assistir a agressão.

No terreno, os policiais encontraram o homem caído no chão e com marcas de apedrejamento na cabeça. Uma ambulância do Corpo de Bombeiros esteve no local e socorreu a vítima, que foi encaminhada para o Hospital Ferreira Machado (HFM).

Os dois indivíduos abordados pela PM foram presos e levados para a 146ª Delegacia Policial (DP), em Guarus, onde o caso foi registrado e será investigado.

JTV*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *