Governo Wladimir Garotinho fecha 2022 com contas pagas e realizações - Tribuna NF

Governo Wladimir Garotinho fecha 2022 com contas pagas e realizações

IPTU - Prefeitura de Campos dos Goytacazes

A Prefeitura de Campos vai fechar 2022 com todas as contas pagas, em dia com os salários dos servidores e com fornecedores, injetando somente no mês de dezembro mais de R$ 350 milhões, que aquecem a economia, geram empregos, promovem melhorias urbanas, proteção e avanços sociais.

Com pagamentos de salários de novembro no dia 7, segunda parte do 13º no dia 20 e vencimentos de dezembro, que serão quitados, antecipadamente, nesta quinta-feira (29), só no item folha de pagamento dos servidores são mais de R$ 270 milhões somente em dezembro, potencializando as vendas do comércio no período das festas de Natal e de Ano Novo, mantendo e abrindo novos postos de trabalho.

Os investimentos em infraestrutura, programas sociais, educação e saúde geram contratação de mão de obra e movimentam o comércio. “Os recursos investidos pela Prefeitura na reabertura de UBS, reforma de creches e escolas, em melhorias da infraestrutura urbana com Bairros Legais e pavimentação de ruas, nas ações sociais como Cartão Goitacá e outras, criam um círculo virtuoso, positivo, no desenvolvimento social e econômico”, assinala o subsecretário de Transparência e Controle, Luís Fernando de Alvarenga.

O pagamento de fornecedores, empresas e contratos apenas na reta final de dezembro coloca mais R$ 80 milhões em circulação.

O quadro, hoje, é bem diferente de um passado recente. Quando a atual gestão assumiu, em janeiro de 2021, a Prefeitura tinha R$ 200 milhões em dívidas e o funcionalismo estava com salários de dezembro de 2020 e 13º atrasados. Com planejamento e contenção de despesas, o esforço de gestão do prefeito Wladimir Garotinho e das equipes técnicas possibilitou alcançar equilíbrio financeiro e fiscal, com a retomada gradativa da capacidade de investimento. No primeiro ano do governo Wladimir Garotinho foram pagas 15 folhas salariais de servidores, incluindo o que foi deixado em atraso pelo gestor anterior.

Para o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Campos, Edvar Júnior, o momento é favorável e abre novas perspectivas. “Já temos, preliminarmente, uma avaliação positiva do comércio em dezembro no comparativo com 2019, ou seja, antes da pandemia. A atividade econômica está se recuperando e parte disso se deve certamente o equilíbrio fiscal da Prefeitura de Campos pagando em dia o funcionalismo e fornecedores. Isso resulta, indiscutivelmente, em um ambiente de negócios fértil para a cidade. Sem medo de errar, posso dizer que a economia do município já se recuperou e esse posicionamento da Prefeitura mantendo a estabilidade, com investimentos, é um fator relevante para esse quadro de otimismo”, frisou Edvar.

Secom*

Alerj

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *