Governo propõe cortar salário e jornada de trabalhadores em até 50%

O governo Jair Bolsonaro propôs hoje (18) mudanças temporárias na lei trabalhista para atenuar o impacto da pandemia do novo coronavírus no mercado, informa a Crusoé.

Entre as propostas está a autorização do corte de até 50% da remuneração e da jornada de trabalho dos profissionais brasileiros.

Apesar da redução, não fica permitida a diminuição do valor do salário-hora. O acordo pelo novo regime poderá ser feito entre cada empregado e a empresa.

Elaboradas pelo Ministério da Economia, as medidas terão validade até 31 de dezembro de 2020, quando chega ao fim o estado de calamidade pública.

As normas, porém, ainda precisam ser aprovadas pelo Congresso.

Fonte: O Antagonista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: