13/07/2024
Variedades

Governo estadual do Rio convoca 2.500 professores para migração voluntária da jornada de 18h para 30h

O governo estadual do Rio convocou 2.500 professores para a migração voluntária da jornada de trabalho do Professor Docente I, de 18 horas para 30 horas semanais. Esses profissionais da Educação devem comparecer em até três dias às Diretorias Regionais Administrativas, a contar da data de apresentação indicada no chamamento, com a documentação necessária.

A lista dos convocada foi publicada no Diário Oficial do Estado desta segunda-feira (páginas 25 a 57). No entanto, nesta terça-feira, foram publicadas algumas retificações (páginas 32 a 34). A mudança na carga horária vai começar a valer no segundo semestre deste ano.

Segundo o governo, no total, 14.776 profissionais se inscreveram. Novas convocações serão publicadas em breve.

Critérios

Para fazer a migração, a Secretaria estadual de Educação (Seeduc) considerou a quantidade de professores, por disciplina e regional, “ordenando-se em função do histórico de demanda permanente por docentes das disciplinas da Base Nacional Comum Curricular”.

Ainda segundo a pasta, “o sistema realizou a contagem para a pontuação final considerando todos os itens selecionados pelo candidato”.

Como vai funcionar

As 30 horas semanais deverão ser cumpridas da seguinte forma: 20 horas de efetiva regência, mais dez horas de planejamento e estudo, seguindo assim a Lei de Diretrizes e Bases da Educação.

“Também não haverá prejuízo na progressão para os que optarem pela troca do regime, sendo assegurada a manutenção do nível e referência que se encontravam antes da migração, conforme Plano de Carreira do Magistério, bem como será mantida a classificação do docente na unidade escolar para efeito de alocação nas turmas e turnos”, garantiu a Seeduc.

Alerj

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *