Governo do RJ publica autorização para volta do público a estádios de futebol

Um decreto do governo do Estado autorizou a volta de público aos estádios com 30% da capacidade e obrigatoriedade de uso de máscaras dentro do local das partidas, além de outras medidas de proteção contra o novo coronavírus.

A medida foi assinada pelo governador em exercício Cláudio Castro, em edição extra do Diário Oficial de quarta-feira (23).

Os jogos estão autorizados apenas em municípios das regiões de saúde que estejam nas bandeiras amarela ou verde, com risco muito baixo ou baixo de contaminação do coronavírus.

Entre as medidas previstas no decreto, estão:

  • Protocolo adequado para cada partida e estádio, apresentado 72 horas antes dos jogos, seguindo as recomendações do Plano de Retorno dos Torcedores aos Estádios de Futebol.
  • Lotação máxima de 30% do estádio.
  • Afastamento de no mínimo dois (2) metros entre torcedores, tanto em cadeiras quanto arquibancadas, com exceção de grupos familiares.
  • Fornecimento de álcool gel 70% ou sanitizante de efeito similar para todos os torcedores.
  • Aferição de temperatura e triagem de sintomáticos no acesso ao estádio, impedindo a entrada de torcedores com sinais e sintomas de contaminação pela Covid-19.

No dia 18 de setembro, a Prefeitura do Rio autorizou a volta de público aos estádios.

Dirigentes do Flamengo trabalhavam com a hipótese de que a primeira partida com torcida ser no Maracanã, no dia 4 de outubro, entre Flamengo e Athletico Paranaense. O plano era compartilhado pelo prefeito Marcelo Crivella (Republicanos).

A CBF, entretanto, ainda debatia com outros clubes a possibilidade do retorno do público nesta quinta.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *