Governo do RJ prorroga medidas restritivas contra a Covid até 20 de setembro; veja o que muda

O governador em exercício Cláudio Castro prorrogou, até o dia 20 de setembro, as medidas restritivas para evitar a proliferação da Covid-19 no estado do Rio de Janeiro.

O decreto publicado na edição extra do Diário Oficial desta sexta-feira (4) altera o funcionamento de shoppings e centros comerciais, que passam a poder abrir com 2/3 de sua capacidade total, não apenas com 50%.

É importante lembrar que o decreto estadual é uma orientação aos 92 municípios do estado. A decisão final sobre o que pode ou não funcionar cabe a cada uma das prefeituras.

Apesar da legislação garantir autonomia para o poder executivo municipal, na última terça-feira (1), a Prefeitura do Rio e o Governo do Estado anunciaram que os decretos sobre reabertura de atividades econômicas em meio à pandemia seriam simultâneos.

Segundo o governo, a decisão foi tomada com base nos dados científicos da evolução da pandemia.

Na tarde desta sexta, a Secretaria Estadual de Saúde atualizou os números do novo coronavírus. E após 15 dias de alta ou estabilidade, o Rio de Janeiro voltou a apresentar tendência de queda na média móvel de mortes por Covid-19. Foram registradas 79 mortes nas últimas 24 horas, deixando a média móvel em 76 óbitos por dia.

Regras

Pelo menos até o próximo dia 20, a orientação do estado é que deverão continuar suspensas a realização de eventos com a presença de público, como shows, além da permanência nas praias e lagoas.

A flexibilização poderá acontecer no funcionamento de shoppings e centros comerciais, que passam a poder funcionar com 2/3 de sua capacidade total, não apenas com 50%, como era antes.

Ainda de acordo com o decreto, as aulas presenciais nas redes pública e privada de ensino, inclusive nas unidades de ensino superior, continuam suspensas até o dia 13 de setembro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *