Garotinho pede proteção policial contra PM que o agrediu

O ex-governador Anthony Garotinho quer receber proteção policial para ele e Rosinha Garotinho, depois que veio à tona nesta segunda-feira (12/07) que o Ministério Público do Rio de Janeiro investiga um policial militar por agredi-lo em 2017, quando o ex-governador ficou preso. A informação de que o PM é investigado foi dada pela repórter Renata Igrejas.

Na ocasião, segundo investigação do MP, o policial Sauler Sakalem, filho do então ex-subsecretário de Administração Penitenciária do Rio de Janeiro, foi o autor da agressão que o Garotinho denunciou ter sofrido. O ex-governador relata ter recebido golpes no joelho com um pedaço de madeira e em outras partes do corpo.

Garotinho teme que, após vir à tona que Sauler é investigado, o PM queira se vingar dele. O MP do Rio ainda não informou se há comprovação de que Sauler agiu a mando de alguém, nem quem.

Na última sexta-feira, o SBT Rio mostrou em primeira mão a identificação do autor da agressão. Assista a reportagem:

Com informações da Coluna de Guilherme Amado, do Metrópoles, e SBT Rio*

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *