Famílias que tiveram suas casas alagadas pelas chuvas recebem apoio da prefeitura de Campos - Tribuna NF

Famílias que tiveram suas casas alagadas pelas chuvas recebem apoio da prefeitura de Campos

IPTU - Prefeitura de Campos dos Goytacazes

Devido às fortes chuvas que atingiram o município, algumas famílias tiveram suas casas alagadas na região. Nesta quarta-feira (21), o prefeito Wladimir Garotinho, acompanhado da primeira-dama, Tassiana Oliveira, e uma equipe formada por técnicos das Secretarias de Desenvolvimento Humano Social e Defesa Civil, realizou visita técnica às famílias que estão em vulnerabilidade social nos bairros Custodópolis, Santa Clara, Santa Rosa e Eldorado.

Segundo o prefeito Wladimir Garotinho, os técnicos da área de assistência social estão entregando mantimentos para os desabrigados desde quando começaram os problemas decorrentes das chuvas fortes que caem em Campos e região, há quase um mês.

“A assistência social está se deslocando em todos os chamados e iremos oferecer todo apoio aos que mais precisam. Ninguém vai ficar sem apoio. Estamos de prontidão para atender a todos”, afirmou Wladimir Garotinho.

Ainda, de acordo com o prefeito, “a água do bairro inteiro vem para essa localidade. São cerca de seis ruas. O lixo jogado acaba obstruindo as redes e queimando a bomba. Aqui vamos fazer um projeto um pouco maior. Neste momento estamos fazendo reparos emergenciais para minimizar os impactos. Estamos ofertando toda assistência necessária aos moradores e fazendo uma limpeza no bairro”, disse Wladimir.

“É primeira vez que o prefeito vem atender a gente, que conversa e ouve nossas sugestões. Estou muito feliz em saber que não estamos esquecidos pela atual gestão”, relatou a dona de Casa, Kelly Silva, moradora de Santa Rosa.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Humano e Social, Rodrigo Carvalho, as técnicas do Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) e o Setor de Habitação ofertaram 80 cestas básicas e 80 fardos de águas para as famílias em situação de vulnerabilidade social atingidas pelas chuvas.

Segundo a diretora de Proteção Social Básica, Paloma Campos, quatro equipes estão nas ruas atendendo. “O atendimento é contínuo às famílias. A assistência social é para quem precisa e estamos à disposição da população. Áreas que não evidenciamos anteriormente estão sofrendo com as inundações. Existe um trabalho integrado da Prefeitura para minimizar os efeitos. Estamos no exercício e uma proteção social pró ativa para melhor atendimento da população”, explicou.

As equipes das Secretarias de Desenvolvimento Humano e Social e da Defesa Civil seguem monitoram as comunidades ribeirinhas.

Secom*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *