25/06/2024
Economia

Empresário brasileiro da educação vende mansão na Flórida: R$ 50 milhões

Coincidência ou não, mais de um empresário brasileiro do ramo da educação fez fortuna este ano com a bonança do mercado imobiliário da Flórida.

Depois de Flávio Augusto da Silva, fundador da escola de inglês Wise Up, ter vendido a casa mais cara da história de Orlando por R$ 180 milhões, em fevereiro, agora um dos fundadores da gigante das faculdades Cogna embolsou R$ 50 milhões com a venda de uma mansão na região de Miami.

Trata-se de Evando Neiva, um dos fundadores do grupo educacional mineiro Pitágoras, que daria origem à Kroton e, posteriormente, à Cogna, um dos maiores conglomerados privados de educação do mundo. Neiva foi por anos CEO da companhia e presidiu seu conselho até 2020.

Ele e sua esposa aparecem nos registros públicos da Flórida como donos da Triplicate Resources, que, segundo o site especializado The Real Deal, vendeu nas últimas semanas uma mansão na ilha de Key Biscayne — a 20 minutos do centro de Miami — por US$ 10 milhões. O imóvel fica no condomínio Oceana Key Biscayne, projeto de um empresário argentino que atrai ricaços em busca de privacidade e luxos como uma praia privativa.

O empresário comprou a casa de 470 metros quadrados, cinco quatros, cinco banheiros e elevador por US$ 5,4 milhões em 2014, de acordo com registros públicos. Desde então, a mansão passou por reformas e agora foi vendida para uma família da Guatemala, disse ao The Real Deal o corretor Bruno Junqueira, da Coldwell Banker Realty, que intermediou a transação.

(Junqueira, aliás, é o ex-piloto brasileiro da antiga Formula Cart que chegou a ser piloto de teste da F1, antes de fazer carreira como corretor de imóveis na Flórida.)

A família Neiva tentou vender a mansão por US$ 11 milhões em agosto, mas precisou baixar o preço em US$ 1 milhão para concluir a transação.

Fonte: Blog Capital, do jornal O Globo.

Alerj

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *