Em entrevista, Flordelis diz que filha foi quem mandou matar pastor Anderson

A deputada federal Flordelis, suspeita ter assassinado o ex-companheiro Anderson do Carmo, disse que a filha Simone foi quem mandou matar o pastor. A revelação foi dada a um programa da TV Globo que irá ao ar nesta noite.

“Além de estar com câncer, sofrendo com câncer, ela carregava isso sozinha, em silêncio, esses assédios, esses estupros. Ela carregava sozinha, Bial. Não estou defendendo ela, porque não concordo com o que ela fez. Eu discordo 100%. Ela não podia ter feito isso, não é matando que resolvemos os problemas”, disse.

Durante a entrevista, a deputada tenta explicar as contradições e os fatos que fizeram o Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) considerá-la a mentora do crime. Ela também dá a sua versão e explica por que duas filhas do casal tinham motivações para matar Anderson.

Além de Flordelis, foram acusados de participar do crime os filhos Flávio, Lucas, Simone, Marzy, Adriano, André e Carlos e a neta Rayane. Todos foram presos, menos Flordelis, por possuir imunidade parlamentar. Desde então, Flordelis usa uma tornozeleira eletrônica enquanto aguarda seu julgamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *