Dia 12: Inauguração do Centro para Adolescente e à Criança vítimas de violência em Campos

O prefeito Wladimir Garotinho vai entregar a população de Campos e região, às 17h da próxima terça-feira (12), Dia das Crianças, o Centro de Atendimento ao Adolescente e à Criança vítimas de violência (CAAC). Com as obras de infraestrutura finalizadas e totalmente mobiliado, o espaço passa apenas por retoques finais na decoração temática e será o segundo em todo estado, sendo o único no interior, a oferecer de forma concentrada em um único local, serviços da Polícia Civil, Instituto Médico Legal (IML), assistência médica, apoio psicológico e social.

“Será o segundo do Estado e o único no interior. As vítimas vão encontrar de forma concentrada em um único local, serviços da Polícia Civil, Instituto Médico Legal (IML), assistência médica, apoio psicológico e social. Agradecemos à CDL JOVEM e as empresas: Casa das Telhas, Casabella Tintas, Ipiranga Home Center, G2 Acústica e Térmica e Centro Elétrico que doaram o material para reforma e humanização do espaço para acolher nossos pequenos numa situação tão difícil.”, disse o prefeito Wladimir Garotinho.

De acordo com a promotora de Justiça de Tutela Coletiva da Infância e Juventude de Campos, Anik Rebelo Assed, a implantação do CAAC em Campos é fruto de um acordo de cooperação entre MPRJ, município e estado, representando um grande avanço na execução de políticas públicas voltadas para crianças e adolescentes vítimas de violência e exploração sexual. “Com o CAAC a sociedade passa a contar com a reunião dos serviços de assistência médica, psicossocial, perícia criminal e coleta de provas num só espaço humanizado, preparado e equipado pelo município no HFM para esse fim, que em muito contribuirá para identificar os abusadores, inibir o número de casos e, principalmente, fortalecer a rede de proteção à Infância e Juventude”, destacou.

“A obra estrutural foi concluída, o espaço está mobiliado e já efetuamos a compra do software necessário para a integração com o serviço da Polícia Civil e esperamos que essa etapa esteja concluída em aproximadamente um mês, porém, o Centro de Atendimento ao Adolescente e à Criança vítimas de violência vai estar pronto para iniciar o atendimento horas após a inauguração”, informou o diretor administrativo do HFM, Gilberto Nunes, que complementou que todo fluxo de atendimento e funcionamento vem sendo definido junto ao Ministério Público RJ, Polícia Civil, Conselho Tutelar e com a participação ativa do poder público municipal.

Concretização de um sonho – “O processo da construção do CAAC estava desde 2017 sem solução, mas agora vai se tornar realidade graças uma ação conjunta da nossa equipe, aporte da sociedade, sensibilidade do prefeito Wladimir e total apoio do Ministério Público, através da promotora Anik Rebelo, além dos demais representantes dos órgãos envolvidos. Nossa gestão está focada em construir um hospital melhor para todos, mas temos um olhar diferenciado para os mais vulneráveis, por isso, vamos inaugurar o CAAC em tempo recorde”, afirmou o superintendente do HFM e vice-presidente da Fundação Municipal de Saúde, Arthur Borges.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *