CVC tem prisão temporária convertida em preventiva - Tribuna NF

CVC tem prisão temporária convertida em preventiva

Foto: redes sociais

A prisão de Carlos Victor Carvalho, o CVC, preso por suspeita de envolvimento no financiamento dos atos antidemocráticos ocorridos no dia 8 de janeiro, em Brasília, foi convertida de temporária a preventiva. A informação foi confirmada pelo advogado dele, na manhã deste sábado (08). Na última quinta-feira (25), a defesa do membro da Associação Direita Campos informou que teria dado entrada no pedido de revogação de prisão, anexando ao requerimento o que, segundo os advogados, seriam provas da inocência dele. CVC foi preso durante a Operação Ulysses.

Carlos Victor, preso no último dia 19, foi o terceiro alvo da operação Ulysses, em uma pousada no município de Guaçuí, no Espírito Santo. Os outros dois alvos da operação, Elizangela Cunha Pimentel Braga, de Itaperuna, que se apresentou voluntariamente na sede da Polícia Federal, em Campos, e o bombeiro Roberto Henrique de Souza Júnior, preso em casa no dia em que a ação foi deflagrada, já foram soltos.

Alerj

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *