CTRM passa a contar com equipe exclusiva para cirurgia ginecológica eletiva

O município de Campos avança em prol da saúde da mulher. O prefeito Wladimir Garotinho recebeu, na tarde desta terça-feira (27), em seu gabinete, a equipe de cirurgiãs ginecológicas que foi criada para dar início ao atendimento operatório de mais de 20 tipos de cirurgias eletivas ginecológicas. Um consultório pré-operatório está sendo criado no Centro de Referência e Tratamento da Mulher (CRTM), a fim de receber a demanda enviada pelas Unidades Básicas de Saúde (UBSs).

O prefeito relata a demanda por esse tipo de cirurgia. “Campos estava sem referência em serviços ginecológicos e a partir de agora vamos ter uma equipe que vai atender no Centro de Referência e Tratamento da Mulher, as demandas encaminhadas pelas UBS. São mais de 20 tipos de cirurgias ginecológicas que vão ser feitas pelos nossos profissionais, na Santa Casa de Misericórdia. É um avanço importante na nossa cidade que tem uma demanda grande reprimida desse tipo de cirurgia, principalmente de laqueadura”, disse.

A coordenadora do projeto, a médica ginecologista Germana Garcia, esclareceu que, até então, as cirurgias eram feitas de urgência. “Quando uma mulher apresentava hemorragia, o procedimento era realizado de urgência. A partir de agora, teremos 32 leitos disponíveis na Santa Casa de Misericórdia, especialmente para atender a demanda de cirurgia eletiva, ou seja, as que são marcadas com antecedência, visando um melhor tratamento e recuperação da paciente”.

Além da médica Germana Garcia, outras cinco ginecologistas vão fazer parte da equipe. “Queremos fazer um círculo de atendimentos às pacientes que se queixam de sangramento irregular, incontinência urinária. Estamos satisfeitas com o apoio do poder público, para que possamos diminuir o fluxo das queixas dessas pacientes nos ambulatórios. Vamos atender as pacientes e programar essas cirurgias para dar qualidade de vida para elas”, explica.

Entre os procedimentos disponíveis estão a histerectomia (retirada do útero), cisto de ovário, períneo, retirada de pólipos, miomas e laqueaduras tubárias, visando o planejamento familiar, com apoio de assistente social e psicóloga do CRTM. A mulher deve se consultar no ginecologista nas UBSs. Verificando a necessidade de procedimento operatório, vai encaminhar a paciente para o CRTM, onde será atendida em uma sala ambulatorial pré-operatório. A equipe da médica Germana vai requisitar exames que devem ser feitos na Santa Casa e a partir desta logística vai ser marcada a cirurgia.

Além da médica Germana Garcia, participaram da reunião com o prefeito as médicas Joyce Barreto, Juliana Gomes, Lara Morales e Laura Beliene, bem como a primeira-dama Tassiana Oliveira, o secretário de Saúde, Adelsir Barreto, e o diretor do CRTM, Uanderson Barreto.

Subcom*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *