15/07/2024
Polícia

Criança de 5 anos morre afogada em banheira de hidromassagem

Caso ocorreu em Santa Maria de Jetibá, na região Serrana do Espírito Santo

Uma menina de cinco anos morreu após se afogar em uma banheira de hidromassagem de casa nesta quarta-feira (7), no Centro de Santa Maria de Jetibá, na região Serrana do Espírito Santo. A Polícia Militar informou que há possibilidade do cabelo da criança ter sido sugado pela válvula de sucção da banheira.

Consta no boletim de ocorrência que o caso ocorreu por volta das 18h30. De acordo com o sargento Kempim, comandante do Destacamento de Polícia Militar (DPM) da cidade, a criança estava na companhia de uma babá e da filha dela, de 9 anos, em um momento de descontração, para estreiar a banheira.

“Essa babá colocou as crianças para tomar banho. Até tirou uma foto e mandou para a mãe, mostrando que elas estavam alegres, brincando. Em determinado momento, a babá foi buscar a própria filha na sala da casa e, quando voltou, a menina já tinha se afogado. Informações preliminares dão conta que o ralo se soltou e puxou o cabelo da criança”, contou o sargento.

A babá acionou a mãe da criança que levou a filha para um hospital da região, mas a criança não resistiu.

“Ao saber da notícia da morte, a mãe ficou consternada, em estado de choque”, disse Kempin. O corpo da criança foi encaminhado para o Departamento Médico Legal de Vitória (DML).

Questionado sobre a responsabilização da babá, o comandante explicou que, como a criança foi socorrida, cabe à família entrar em contato com a Polícia Civil para pedir uma perícia no local.

A ocorrência

Em nota, a Polícia Militar disse que foi acionada por volta das 20h pela equipe médica de um hospital no Centro de Santa Maria de Jetibá, que informou que uma menina de 5 anos havia dado entrada, vítima de afogamento, e que após várias tentativas de reanimação sem sucesso.

No local, os militares presenciaram o momento em que a informação foi repassada à mãe da menina, uma mulher de 33 anos, que entrou em estado de choque e não tinha condições de relatar exatamente como o caso aconteceu.

A Polícia Civil informou, em nota, que o caso seguirá sob investigação da Delegacia de Polícia de Santa Maria de Jetiba e detalhes da investigação não serão divulgados, por enquanto.

O corpo da vítima foi encaminhado para o Departamento Médico Legal (DML) de Vitória, para ser necropsiado e, posteriormente, liberado para os familiares.

Fonte: G1/ES

Alerj

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *