Covid-19: vacina está prevista para chegar ao Rio no domingo

vacina Oxford,AstraZeneca

O voo que parte nesta sexta-feira de Recife (PE) para buscar as duas milhões de doses da vacina contra a covid-19 prontas para serem aplicadas na população deve chegar ao Aeroporto Internacional do Galeão neste domingo. A data é uma previsão inicial, segundo a concessionária RioGaleão, que administra o aeroporto. A concessionária informa ainda que, caso seja necessário que as doses permaneçam por determinado período no aeroporto, o Terminal de Cargas (Teca) já conta com estrutura de câmaras frigoríficas para o acondicionamento das vacinas.

As duas milhões de doses são fabricadas pelo laboratório AstraZeneca em parceria com a universidade Oxford, e foram adquiridas pelo governo federal junto ao Instituto Serum, da Índia, onde as doses foram produzidas.

Ainda de acordo com a concessionária RioGaleão, após a chegada das duas milhões de doses da Índia, está previsto para desembarcar no aeroporto o insumo IFA (Insumo Farmacêutico Ativo), matéria-prima da vacina AstraZeneca/Oxford que será utilizada pela Fiocruz para a fabricação de 100 milhões de doses entre os meses de fevereiro e julho. O desembarque tem previsão para acontecer na próxima semana.

VACINAÇÃO NO RIO

A Secretaria municipal de Saúde (SMS) informou que, na cidade do Rio, a vacinação terá início nos próximos dias, mas não precisou datas. Segundo a SMS, a vacinação vai acontecer em 450 pontos do município, a maioria deles em clínicas da família e centros municipais de saúde, além de escolas e locais no sistema drive-thru, em que a pessoa é vacinada sem sair do carro. Serão 10,5 mil profissionais envolvidos na campanha de vacinação contra a covid-19.

Segundo a SMS, na primeira fase, deverão ser imunizados 2,3 milhões de pessoas dos seguintes públicos-alvos: trabalhadores da saúde, pessoas a partir de 60 anos, pessoas com comorbidades, professores, indígenas, quilombolas, profissionais das forças de segurança e salvamento, funcionários dos serviços essenciais e agentes do sistema prisional.
A Secretaria municipal de Saúde também informou que a câmara fria para o acondicionamento das doses já está preparada na Central de Logística da pasta, assim como a estratégia para transporte e armazenamento da doses para os pontos de vacinação. Segundo a SMS, outras 350 câmaras foram compradas para garantir o armazenamento adequado nas unidades de saúde.

O Dia*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *