Corpo de PM que caiu de ponte é enterrado sob forte comoção em Campos

Familiares, amigos e policiais participaram de cortejo pelas ruas da cidade — Foto: Paulo Veiga/Inter TV

O enterro do policial militar Lucas Porto Pinheiro, de 34 anos, que morreu ao cair de uma ponte durante uma perseguição, aconteceu no final da tarde desta quarta-feira (1°) sob forte comoção em Campos.

Familiares, amigos e policiais participaram da despedida no Cemitério Campo da Paz.

O velório aconteceu durante a manhã na Primeira Igreja Batista, no Jardim Carioca. Por volta das 16h, um cortejo passou por vários pontos da cidade e pela sede do 8º Batalhão de Polícia Militar (BPM).

O policial era lotado no 8° BPM e estava há nove anos na corporação.

Na página do 8º BPM em uma rede social, os policiais fizeram uma homenagem e contaram um pouco da história do militar.

“A PMERJ lamenta informar sobre a morte do Cb Porto, do 8º BPM, que sofreu um grave acidente de trânsito, em serviço, há poucas horas, durante a realização de um cerco a dois suspeitos em uma moto, na cidade de Campos. Ele era casado e deixa um filho”, divulgou a corporação na noite de terça.

O acidente

O policial militar morreu na noite de terça-feira (30) ao cair da Ponte Leonel Brizola durante uma perseguição no Centro.

Segundo a Polícia Militar, ele bateu de moto na mureta e caiu em uma área comercial.

Ainda de acordo com a PM, o policial foi socorrido e encaminhado para o Hospital Ferreira Machado (HFM), mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

As causas do acidente serão investigadas na 134ª Delegacia de Polícia do Centro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *