Coronavírus e as preocupações da região com a entrada de estrangeiros

Como era de se esperar bastou aparecer a confirmação de um caso no Brasil para que o ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta ficasse totalmente perdido em relação ao que fazer com os familiares de eventuais atingidos pelo coronavírus.

Cada momento o ministro defende uma posição em relação ao contágio.

Na região existe uma preocupação com relação ao Porto do Açu.

O ministro instado por um deputado federal da região respondeu o referido parlamentar de forma desconexa.

Não há ninguém querendo atingir o empreendimento que é o Porto do Açu e o que ele representa para a economia da região, mas não se pode perder de vista que por ele existem a entrada e saída de navios com suas respectivas tripulações, principalmente pelo fato de não ser só a China o país por onde o coronavírus vem infectando e matando sem piedade.

Ninguém quer espalhar pânico na população, mas o que tanto o ministro quanto a Anvisa devem ter um discurso coerente. Caso contrário fica difícil acreditar no que estão falando.

Agora com a palavra os governos do Estado do Rio, Prefeituras de SJB, SFI e Campos, ao efeito de criar um plano de atendimento eficaz, porque os protocolos da Anvisa começam a ruir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *