22/06/2024
Campos

Consumidores lotam Palácio da Cultura no primeiro dia do Feirão Limpa Nome

Para quem está buscando oportunidade de limpar o nome junto aos credores, começou nesta segunda-feira (6) o Feirão Limpa Nome, que tem o apoio da Prefeitura de Campos, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e do Procon Campos, além da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e da OAB-12 Subseção. A ação é uma iniciativa do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ-RJ) e seguirá até esta quarta-feira (8), das 9h às 17h, no Palácio da Cultura.

Diretor do Procon-Campos, Carlos Fernando Monteiro explicou que a ação traz de volta aquele consumidor que estava com seu nome sujo, o que gera grande impacto na economia do município. “Com o Natal se aproximando, as pessoas vão ao comércio para comprar presentes e com o nome limpo esse consumidor pode adquirir mais produtos, o que gera maior receita e tributos que o município passa a receber. Isso, com certeza, vai trazer um impacto muito positivo e importante para a economia local, afirmou.

Em relação à expectativa para a ação deste ano, Carlos Fernando acrescentou: “Hoje é o primeiro dia e o movimento que estamos vendo sugere que este ano vamos dobrar o número de atendimentos. Temos 10% da população inscrita no Serasa e no SPC. Tem muita gente precisando limpar o nome. A expectativa é que muitos aproveitem essa oportunidade única, com condições super especiais que estão sendo oferecidas, para que a pessoa limpe seu nome e possa voltar a comprar com crédito e adquirir os produtos que necessitam. Deixo o convite para você que precisa limpar o nome, para que não perca a oportunidade. De hoje até quarta-feira está sendo proporcionada uma oportunidade única para você encontrar condições e limpar o nome”.

Consumidor que estava com o nome negativado e conseguiu resolver as dívidas através do Feirão, Marcos Camargo dos Santos contou que é uma oportunidade importante para todos que desejam e precisam voltar a ter crédito.

“A minha avaliação é muito positiva, porque temos a oportunidade de voltar com o crédito e comprar de forma facilitada. Teve o primeiro feirão e eu não tive a oportunidade de fazer a negociação, mas hoje estou satisfeito porque consegui resolver e limpar o meu nome nos dois bancos que estava negativado. O nome da pessoa estando limpo é outra coisa, temos mais credibilidade no comércio e isso facilita muito, principalmente nos momentos mais importantes e de necessidade. O Prefeito Wladimir Garotinho e a CDL fizeram algo muito bom e positivo para todos que estão aqui buscando limpar o nome e voltar a ter crédito. Nunca mais deixarei o meu nome ficar sujo”, ressaltou o consumidor.

Em Campos existe cerca de 50 mil pessoas com o nome negativado no Sistema de Proteção ao Crédito (SPC), que somam mais de R$ 22 milhões de valores a receber. A novidade deste ano é a participação de instituições financeiras. Também estão participando do Feirão, empresas de telefonia, concessionárias e lojas. Advogados da OAB/Campos e do Centro Judiciário de Solução de Conflito e Cidadania (CEJUSC) orientando os interessados em seus acordos.

O subsecretário de Desenvolvimento Econômico, Felipe Knust, lembra que, em parceria com o Tribunal de Justiça e a CDL, o feirão também foi realizado em 2022 e este ano a expectativa é de superar o sucesso. “Este ano o Tribunal de Justiça está colocando as instituições financeiras, que são os maiores credores. O Feirão é muito importante para o aquecimento do comércio, porque muita gente vai passar a ter crédito depois de quitar suas dívidas”, afirmou.

De acordo com o coordenador do CEJUSC da Comarca de Campos dos Goytacazes, Juiz Ralph Manhães, cerca de 10% da população campista está em, pelo menos, um banco de dados negativado. “Com o Feirão, a gente tende a dar mais cidadania às pessoas, diminuir essas dívidas, tirar as pessoas dos bancos de dados negativos para que elas possam se reestruturar economicamente, voltar a ter sua vida normalizada e ser um consumidor aceito pelo mercado. Além de renegociar as dívidas, os consumidores que estiverem negativados poderão ter seu nome retirado das restrições de cadastro do SPC e da Serasa de forma imediata”, informou o juiz durante o lançamento do programa.

EMPRESAS PARTICIPANTES

Itaú

Bradesco

Bradescard

Santander

Bv Financeira

Crefisa

CEF

Enel

Águas do Paraíba

Infoline Banda Larga

Super Bom

Trier Calçados

Dieguez

Ver TV

Vet Popular

Barral Calçados

Peg Shoes

Pró-Uni

Noemia Jóias

Oi

Via varejo

Ponto Frio

Casas Bahia

Claro

Vivo

Tim

Fonte: Secom

Alerj

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *