Cláudio Castro reúne secretariado para discutir medidas contra possíveis atos golpistas no RJ - Tribuna NF

Cláudio Castro reúne secretariado para discutir medidas contra possíveis atos golpistas no RJ

IPTU - Prefeitura de Campos dos Goytacazes

O governador Cláudio Castro (PL) mandou o secretariado para o Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) a fim de discutir medidas de enfrentamento contra possíveis atos golpistas em território fluminense.

Às 6h25 desta segunda-feira (9), o governador já estava comandando o encontro, informa o G1.

Castro também programou para esta segunda-feira uma reunião no Palácio Guanabara com membros do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, do Ministério Público do Rio de Janeiro, do Tribunal Regional Federal, da Defensoria Pública e da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj).

No domingo (8), Castro disse que seria “enérgico contra toda e qualquer manifestação” que não respeitasse os patrimônios público e privado.

Por medida de segurança, a Polícia Militar informou que reforçou o policiamento em vários pontos do Rio.

No começo da tarde deste domingo, bolsonaristas terroristas e golpistas invadiram e depredaram os prédios dos 3 poderes em Brasília: Palácio do Planalto, Congresso e STF.

O movimento golpista que ocorre há semanas em Brasília foi engrossado por dezenas de ônibus que chegaram no fim de semana. Dentro dos prédios, móveis e obras de arte foram destruídos no palácio presidencial, e documentos foram rasgados no STF.

Segundo o governador do Rio de Janeiro, “em um ambiente democrático, as cenas que vimos em Brasília são inadmissíveis. Atitudes como essas mancham a imagem do Brasil e não contribuem em nada para o nosso futuro”, escreveu em uma rede social.

Castro afirmou que reitera seu “compromisso com a ordem democrática – hoje e sempre”. Por fim, o chefe do executivo estadual disse que será enérgico “contra toda e qualquer manifestação que não respeite os patrimônios público e privado, e o direito de ir e vir dos cidadãos do Rio de Janeiro”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *