Classe empresarial apoia a ideia de Wladimir em criar um programa de combate a pobreza em Campos

Dados da Secretaria do Desenvolvimento Social do Ministério da Cidadania informa que em Campos há mais de 45 mil famílias no município em situação de extrema pobreza, com renda de zero a R$89 por mês. Uma realidade que levou o candidato à Prefeitura de Campos Wladimir Garotinho (PSD) a apresentar aos empresários nesta segunda-feira (09/11) a criação de um programa de combate à pobreza no município.

Wladimir se reuniu a direção Câmara de Dirigentes Lojistas ( CDL) e teve a oportunidade de apresentar propostas que visam o desenvolvimento econômico e social do município.

De acordo com Wladimir, nunca se viu na cidade tanta gente morando na rua e a atual gestão não faz nada. “Em cada área temos projetos viáveis, como um programa solidário que irá combater a pobreza no município. De forma voluntária, o cidadão poderá doar qualquer valor que vai sair em cada cupom fiscal e este valor será destinado a um fundo sem onerar o tesouro municipal e todo o recurso será destinado para este fim, bem como para as políticas de assistência social”, explicou.

Wladimir ainda falou de um estudo técnico que irá viabilizar uma passagem social, para que os cidadãos campistas que moram no interior possam ir até o centro da cidade. “Com isso, estaremos dando oportunidade na geração de emprego e o dinheiro vai voltar a circular no comércio da área central”, ressaltou.

O presidente da CDL, José Francisco Rodrigues, informou que a instituição possui total estrutura para ajudar o próximo prefeito a administrar o programa de combate à pobreza. “Também vemos com bons olhos a passagem social como uma forma de integrar o município”, comentou.

Ao final da reunião, Wladimir assinou uma Carta Compromisso como um passo antecipado de um pacto de cooperação entre a classe representativa e o futuro prefeito de Campos.

Ascom*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *