CCZ reforça ações contra o mosquito Aedes aegypti

O Centro de Controle de Zoonoses prossegue nesta semana com o primeiro ciclo de mutirões em 2020 para o combate ao mosquito Aedes aegypti – transmissor de doenças como a dengue, zika e chikungunya. O cronograma de ações segue até o dia 31 de março e percorrerá 39 bairros e localidades. A praia de Farol de São Thomé foi a primeira a receber as ações.

Da última terça-feira (18) até quinta-feira (20) os agentes percorrem os bairros do Caju, Vila Rainha, Matadouro, Riachuelo, Turf-Club, Flamboyant 1, Oliveira Botelho, Pecuária e Campo Limpo.

Após o carnaval, do dia 27 de fevereiro ao dia 6 de março, os agentes estarão no bairro Corrientes, Parque Fazendinha, Fazenda Grande, João Maria, IPS, Rui Barbosa, João Seixas e na XV de Novembro. Acompanhe o cronograma de ações do CCZ abaixo:

— O resultado do primeiro Levantamento do Índice Rápido de Infestação do Mosquito Aedes Aegypti (LIRAa) de 2020 foi insatisfatório e o trabalho de conscientização do CCZ junto à população continua sendo essencial no combate aos focos, já que 80% destes foram encontrados em residências. É de extrema importância que as pessoas abram suas casas para que nossos agentes possam atuar — destacou o Diretor do Órgão, Marcelo Sales.

Em janeiro de 2020, foram 523 casos confirmados de chikungunya; 4 de dengue e nenhum de zika. Em 2019, foram contabilizados 8.362 casos de chikungunya; 14 dengue e 0 zika.

Supcom*

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *