Catadora de recicláveis devolve mala de professora e é surpreendida com cesta básica, em Campos

Desempregada e sem esperar nada em troca, Creide Elaine, uma catadora de materiais recicláveis, se tornou exemplo de honestidade depois de andar dez quilômetros para devolver uma mala, com roupas e documentos, que foi esquecida na calçada de uma casa no bairro Parque Rosário, em Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense.

Ela estava com o marido, Ronaldo Santos, quando abriu a mala ao chegar em casa, no dia 24 de janeiro, e percebeu que não se tratava de um objeto que iria para o lixo. Ela decidiu entregá-la imediatamente.

“Quando a gente chegou em casa, que eu comecei ver a mala, vi que não jogaram fora, mas que esqueceram. Então, eu não consegui ficar com a mala”, disse Creide Elaine.

Creide não tem celular, mas pediu ajuda da vizinha para tentar contado com um número que estava em um cartão encontrado em meio aos pertences. Ela conseguiu contato e voltou ao local onde encontrou a mala para devolvê-la à professora Denise Hartz, que em um gesto de gratidão surpreendeu a catadora com uma cesta básica.

“Veio na hora certa. Eu só tinha açúcar. Nem sal eu tinha. Deus, né! Eu ajudei ela, e ela me ajudou”, agradeceu a catadora.

A professora só percebeu que tinha deixado a mala para trás 30 minutos depois e chegou a fazer uma campanha na internet para recuperar o objeto. Mas Creide nem precisava ter internet para fazer o que era certo. Disse que fez o que seu coração mandou e ganhou uma amiga para toda a vida.

“Foi uma oportunidade que Deus me deu de levá-la para o resto da minha vida. Ter pessoas assim deveria ser uma coisa normal, as pessoas honestas e, hoje, isso tá muito difícil de acontecer. Então, o vínculo é para toda a vida. E o que eu puder fazer para ajudá-la, eu vou ajudá-la”, se emociona Denise.

Depois da boa ação de Creide Elaine, pessoas se mobilizaram para ajudar o casal desempregado e a família. A catadora conseguiu uma faxina para este sábado (8) e acha um bom começo para quem sonha em trabalhar com a carteira assinada.

G1*

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *