Botafogo vence o Operário e garante retorno à Série A

Foi no sufoco e com muita luta, mas o Botafogo venceu o Operário, de virada, nesta segunda-feira e garantiu o retorno para a elite do futebol brasileiro. Com gols de Pedro Castro e de Rafael Navarro, o Glorioso derrotou o clube paranaense por 2 a 1 e não pode mais ser alcançado por nenhuma equipe de fora do G-4 da Série B.

Com o resultado, o Alvinegro retomou a liderança da competição e agora tem 66 pontos. Apenas o Coritiba ainda pode terminar a Série B na frente do clube carioca. No entanto, o título do Botafogo poderá acontecer na próxima rodada, basta vencer o Brasil de Pelotas, fora de casa, no próximo domingo, e torcer por um tropeço do Coritiba contra o CSA, no Couto Pereira.

O primeiro tempo entre Botafogo e Operário foi bastante equilibrado. O clube carioca teve mais a iniciativa, porém, não conseguiu impor o seu ritmo atuando dentro de casa na primeira etapa. A primeira oportunidade aconteceu aos 11 minutos e foi da equipe paranaense. Thomaz recebeu com liberdade e finalizou por cima do gol de Diego Loreiro, assustando os torcedores do Botafogo.

A resposta alvinegra aconteceu aos 19 minutos. Diego Gonçalves recebeu na entrada da área e finalizou, a bola passou por cima do gol de Thiago. Sete minutos depois, o Glorioso chegou em bola parada. Daniel Borges cobrou falta e a bola novamente foi para fora.

A melhor chance do primeiro tempo aconteceu aos 37 minutos. Rafael Navarro ajeitou de cabeça para Oyama, que saiu na cara do gol do Operário. No entanto, o jogador do Botafogo acabou errando na finalização e chutou para fora, perdendo uma grande oportunidade de abrir o placar.

A segunda etapa começou com o Operário pressionando o Botafogo. Aos sete minutos, os visitantes quase abriram o marcador. Paulo Sérgio foi lançado e saiu na cara de Diego Loureiro, porém, o atacante alvinegro se saiu melhor, fechou bem o ângulo e o atacante do clube paranaense finalizou para fora. Aos 13 minutos, novamente o ex-jogador do Flamengo teve uma boa oportunidade. O atacante cobrou falta e exigiu Diego Loureiro que fez boa defesa.

Aos 16 minutos, a pressão dos visitantes surtiu efeito. Fabiano ficou com a sobra dentro da área e finalizou sem chances de defesa para Diego Loureiro, abrindo o placar para o Operário no Nilton Santos. Atrás do placar, Enderson Moreira fez imediatamente duas modificações. Carlinhos e Warley entraram nas vagas de Hugo e Marco Antônio.

Logo aos 23 minutos, o Botafogo teve uma boa chance de empatar. Oyama avançou pela direita e cruzou rasteiro, a bola sobrou para Diego Gonçalves em ótima condição, porém, o meia acabou finalizando em cima do goleiro Thiago, que fez a defesa, sem grandes dificuldades. Cinco minutos depois, o empate chegou. Chay cruzou e Pedro Castro apareceu para empatar, de cabeça.

Aos 36 minutos viria a virada e o gol do acesso. E ele teria que vir de Rafael Navarro, artilheiro do Botafogo na competição. Matheus Frizzo iniciou jogada e fez o cruzamento, o atacante apareceu e colocou a bola no fundo das redes para garantir o passaporte do Glorioso de volta à Série A do Campeonato Brasileiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *