Castro demite diretor responsável por cargos secretos do Ceperj

Depois da exoneração do presidente da Fundação Ceperj (Centro Estadual de Estatísticas, Pesquisas e Formação de Servidores Públicos do Rio), Gabriel Lopes, o governador do Rio, Cláudio Castro (PL), demitiu nesta sexta (5) o diretor do setor responsável pelos cargos secretos do órgão.

Assim como Lopes, Thiago Larangeira, que comandava o CEEP (Centro de Estatísticas, Estudos e Pesquisas), foi exonerado a pedido. Ou seja, ele próprio solicitou a saída do cargo. A Ceperj está no momento sem presidente. O governo ainda não anunciou quando haverá a nomeação.

Larangeira foi nomeado em setembro do ano passado. Antes, ele havia exercido cargos no Detran e na Secretaria Estadual das Cidades.

O agora ex-diretor foi o primeiro responsável por negar pedido feito pelo UOL no dia 16 de março, via LAI (Lei de Acesso à Informação), para que fossem disponibilizadas as listas com os nomes de contratados através de projetos realizados pelo CEEP.

Em 15 de abril —um mês após o pedido—, ele respondeu que não seria possível enviar os dados “sem comprometer o andamento das atividades rotineiras do setor”.

No dia 4 de maio, o então presidente da Ceperj, Gabriel Lopes, corroborou com o entendimento de Larangeira e chegou a ironizar a solicitação feita pela reportagem:

“Poderia o requerente solicitar um ou outro nome, de um ou outro projeto, para tornar viável o atendimento, mas de fato optou por insistir num pedido que levaria seguramente a paralisação de toda a Fundação por cerca de muito e muito tempo para satisfazer tal atendimento (…) Quantas pessoas, famílias, sofreriam com tal decisão, de fato é incalculável”.

Em 18 de maio, a CGE (Controladoria Geral do Estado) deu seu parecer final negando o acesso aos dados, sob a alegação de que o pedido de uma lista com todos os nomes de todos os contratados nos projetos da fundação não especificava um período de tempo.

Fonte: UOL

Comente

%d blogueiros gostam disto: