26/05/2024
Política

Alerj tem momento de calmaria, mas tormenta pode vir de Bangu

Quem já passou os olhos pela famosa delação do empresário Edson Torres garante o material é mesmo de peso.

Especialmente o capítulo dedicado às relações do grupo do empresário, ligado ao Pastor Everaldo, com a Cedae.

Dizem que é um tijolo.

Com mira na vidraça do Palácio Tiradentes, a casa dos deputados estaduais

Falsa calmaria

Na Assembleia Legislativa traumatizada por rachadinhas e Furna da Onça, o sossego do momento é um alívio.

Mas o povo vive em sobressalto, achando que algo pode acontecer a qualquer momento.

A política, que já viveu da famosa expectativa do poder, agora vive da expectativa do MP e da Polícia Federal.

Coluna Extra, Extra*

Alerj

Comente