Desembargadora suspende investigação sobre rachadinha de Flávio Bolsonaro

A desembargadora Suimei Meira Cavalieri, do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, suspendeu as investigações sobre a suposta rachadinha no antigo gabinete de Flávio Bolsonaro na Alerj, informa Aguirre Talento, no Globo.

No habeas corpus, a defesa alegou que o inquérito deveria ter tramitado na segunda e não na primeira instância da Justiça.

O mérito da ação ainda será submetida aos demais desembargadores da 3ª Câmara do TJ-RJ.

Comente

%d blogueiros gostam disto: