Chequinho: Tribunal de Justiça anula ação penal do casal Garotinho

Por unanimidade, a 7ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado do Rio, seguindo o relator, o Desembargador Joaquim Domingos de Almeida Neto, anulou, na tarde desta terça-feira (12), uma ação penal movida pelo Ministério Público Estadual contra os ex-governadores Anthony e Rosinha Garotinho, no caso da operação Chequinho.

Na ação aberta na justiça comum, o juízo de Campos negou o pedido de prisão contra o casal à época, mas chegou a impor medidas cautelares a Garotinho, sendo suspensa com uma liminar em seguida.

Na decisão de hoje, os desembargadores decidiram pela incompetência da justiça estadual e anularam todos os atos do juízo de piso.

Comente

%d blogueiros gostam disto: